Areca-bambu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDypsis
Areca-bambu

Areca-bambu
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Arecales
Família: Arecaceae
Género: Dypsis
Espécie: Dypsis lutescens
Espécies

A areca-bambu, ou palmeira de jardim (Dypsis lutescens), é uma palmeira, nome comum da família Arecaceae.

Possui troncos múltiplos formando touceira, cresce rápido e pode chegar de 6 a 12 metros de altura. É muito utilizada para decoração de jardins ou interiores diversos. Sua origem é de Madagáscar.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Areca-bambu
Ícone de esboço Este artigo sobre palmeiras (família Arecaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Dypsis lutescens (H. Wendl.) Beentje & J. Dransf.

Sin.: Chrysalidocarpus lutescens H. Wendl., Chrysalidocarpus glaucescens Waby, Chrysalidocarpus baronii var. littoralis Jum. & H. Perrier., Hyophorbe indica Gaertn.

Angiospermae - Família Palmae

Areca-bambú, palmeira-areca

Palmeira entouceirada, grande, originária de Madagascar, de 3–6 m de altura, com vários troncos pouco espessos, com palmito verde-esbranquiçado. Folhas pinadas, recurvadas, com folíolos firmes.

Inflorescências grandes, ramificadas, com flores de cor creme e frutos verde-amarelados, sem valor ornamental.

É a palmeira mais cultivada no país muito lida, tanto em vasos para interiores, como em touceiras isoladas ou em conjuntos, a meia-sombra ou a pleno sol. Quando a pleno sol sua folhagem se torna verde-amarelada. É um pouco tolerante ao frio e suporta transplantes, mesmo na fase adulta.