Armênia Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Armênia Ocidental (em armênio/arménio: Արեւմտեան Հայաստան) também conhecida como a Armênia bizantina, depois como Armênia turca ou otomana é um termo cunhado na sequência da divisão da Armênia Maior entre o Império Bizantino (a Armênia Ocidental) e o Império Sassânida (a Armênia Oriental, Armênia persa) em 387.[1] [2]

É, historicamente, o nome dado à parcela da Armênia incorporada ao Império Otomano, que corresponde aproximadamente aos seis vilaietes (províncias) (Vilayat-i Sitte) a leste da império, ou seja, os vilaietes de Erzurum, Van, Bitlis, Diyarbakır, Sivas e Harput. A Armênia Ocidental atualmente se refere a esta área geográfica constituída na Turquia, localizada no planalto armênio, este último chamado Anatólia Oriental.[3]

Regiões[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências