Armi Kuusela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Armi Kuusela
Foto cortesia: G. Ganeroni
© 1995-2009 Pageant News Bureau, Inc.
Data de nascimento 20 de agosto de 1934 (79 anos)
Local de nascimento Muhos, Finlândia
Nacionalidade Finlândia finlandesa
Altura 1,65 m
Títulos Miss Universo 1952

Armi Kuusela (Muhos, 20 de agosto de 1934) é uma rainha da beleza finlandesa. Foi a primeira mulher a ser coroada Miss Universo, no concurso realizado em 1952, nos Estados Unidos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kuusela cursou o ensino básico em sua cidade natal de Muhos e depois passou a estudar num colégio feminino em Porvoo. Atleta nata, praticava esportes como natação, esqui e ginástica, e após completar o ensino secundário, inscreveu-se para o Instituto de Ginástica da Universidade de Helsinque.

Miss Universo[editar | editar código-fonte]

Vencedora do Suomen Neito, nome do então Miss Finlândia, e onde recebeu como prêmio pela vitória uma bandana dourada, uma caixa de chocolates e duas passagens para os EUA, ela foi enviada aos Estados Unidos para representar o país no recém-lançado concurso Miss Universo, que acabou vencendo. Armi foi eleita a primeira Miss Universo em 29 de junho de 1952, derrotando outras 28 candidatas internacionais, além de candidatas norte-americanas que representavam seus estados, em Long Beach, Califórnia. Ela tinha dezessete anos, 1,65 m e 49 kg quando foi coroada. Com a vitória, ela recebeu como prêmio um contrato cinematográfico com o Universal Studios, um dos patrocinadores e organizadores do evento.[1]

Um fato ocorrido durante o ano de reinado de Kuusela acabaria criando regras mais rígidas para o concurso dali em diante. Em 22 de fevereiro de 1953, ela começou uma viagem ao redor do mundo representando o concurso. Em sua visita às Filipinas, ela conheceu um empresário filipino em Manila, por quem apaixonou-se à primeira vista. A relação foi tão fulminante que a Miss Universo abandonou as obrigações com a organização antes do fim do mandato, e em 4 de maio de 1953 voou com o empresário para Tóquio, no Japão, onde casaram-se, renunciando à coroa. O fato fez com que a partir dali mulheres casadas não pudessem mais participar do evento e, oficialmente, as regras passaram a estipular que caso uma Miss Universo não pudesse por qualquer motivo completar seu mandato, ela seria imediatamente substituída pela segunda colocada, que assumiria o título e as obrigações decorrentes dele pelo restante do mandato anual.[1]

Carreira cinematográfica[editar | editar código-fonte]

Assim que conquistou a coroa, Armi participou de um filme sueco, feito em sua homenagem, Maailman kaunein tyttö (A garota mais bonita do mundo), onde interpretou a si mesma.[2] Seu contrato com a Universal não rendeu depois que resolveu abandonar o concurso para casar-se e sua aparição nos cinemas ficou registrada apenas em mais alguns documentários finlandeses e um pequeno filme nas Filipinas, enquanto morou lá com a família..

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Armi casou-se com o empresário Virgilio Hilario em Tóquio e com ele teve cinco filhos: Arne, Anna-Lisa, Jussi, Eva-Maria e Mikko. Depois de uma lua de mel de dois meses, o casal se estabeleceu nas Filipinas. A história deles foi imortalizada num filme, Now and Forever, que estreou em 29 de dezembro de 1953.[3]

Hilario faleceu em 7 de setembro de 1975, e Armi casou novamente com Albert Williams em 8 de junho de 1978 passando a morar em La Jolla, uma comunidade localizada em San Diego, Califórnia, onde ainda é ativa, participando de projetos de caridade e de pesquisas para o câncer, no Sanford-Burnham Medical Research Institute.[1]

Referências

  1. a b c There she is, Miss Universe.. globalbeauties.com. Página visitada em 01/07/2011.
  2. IMDb.com - Maailman kaunein tyttö (1953)
  3. Miss Universe: Finnish Armi Kunsela first beauty queen (em romeno). adevarul.ro. Página visitada em 03/07/2011.
Precedido por
--
Miss Universo
1952
Sucedido por
Christiane Martel