Armia Ludowa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Armia Ludowa
em português: Exército do Povo
Orl.jpg
País  Polónia
Subordinação Krajowa Rada Narodowa (Forças Armadas da União Soviética)
Missão Suporte contra o Exército Alemão e ajuda na criação da República Popular da Polónia
Criação 6 de janeiro de 1942
Extinção Janeiro de 1945
Logística
Efetivo 6-8 mil (janeiro de 1944)
30 mil (junho de 1944)
Comando
Primeiro comandante Marian Spychalski

O Armia Ludowa (em português Exército do Povo) foi um movimento de resistência comunista polaco na Segunda Guerra Mundial. A sua função era o apoio às ações da URSS. O Armia Ludowa fora também o principal movimento de resistência a não se aliar ao governo polaco no exílio em Londres.

O movimento foi criado em 6 de janeiro de 1942 quando o Krajowa Rada Narodowa (governo comunista polaco criado na URSS) decidiu integrar o movimento Gwardia Ludowa (Guarda do Povo) e seus 10 000 homens numa nova e maior estrutura. Quando, no final de julho de 1944, as forças soviéticas entravam na Polónia, os efetivos do movimento contavam com cerca de 30 000 homens (dos quais 6 000 totalmente envolvidos em ações de combate). [1]

A 21 de julho de 1944 o Armia Ludowa foi integrado no exército polaco, lutando ao lado do exército soviético.

Referências

  1. Rada Krajowa Żołnierzy Armii Ludowej. przy Zarządzie Głównym Związku Kombatantów Rzeczypospolitej Polskiej i Byłych Więźniów Politycznych (em polaco). Visitado em 23 de novembro de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da Polônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Armia Ludowa