Arquidiocese de Barcelona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Barcelona
Archidiœcesis Barcinonensis
Catedral de Barcelona
Localização
País Espanha
Dioceses Sufragâneas Sant Feliu de Llobregat
Terrassa
Estatísticas
Área 3 041 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese Século II
Elevação a Arquidiocese 25 de março de 1964
Padroeiro Nossa Senhora das Mercês
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Lluís Martínez Sistach
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Endereço Carrer del Bisbe 5, 08002
Página Oficial www.arqbcn.org/

A Arquidiocese de Barcelona (em latim Archidiœcesis Barcinonensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica sediada em Barcelona, na Espanha. O seu atual arcebispo metropolitano é o cardeal Lluís Martínez Sistach. Possui duas dioceses sufragâneas: Sant Feliu de Llobregat e Terrassa.

Sua é a Catedral de Barcelona, possui um total de 212 paróquias, assistidas por 1036 padres.

Território[editar | editar código-fonte]

Território da Arquidiocese de Barcelona.

A arquidiocese compreende a cidade e a parte norte-oriental da província de Barcelona. Seu território é dividido em 212 paróquias.

História[editar | editar código-fonte]

A diocese de Barcelona foi eregida na primeira metade do século IV, no entanto, existe uma tradição que relaciona os bispos de Barcelona a partir do início do século II. A partir do século V e até 1964, era sufragânea da Arquidiocese de Tarragona, exceto no período em que Tarragona foi suprimida por causa da invasão árabe (séculos VIII-X), que pertencia à província eclesiástica de facto da Arquidiocese de Narbonne (agora a diocese de Carcassonne e Narbonne).

Em 1957, cede um arcipresbiterado em benefício da arquidiocese de Tarragona.

Em 25 de março de 1964, foi elevada à categoria de Arquidiocese imediatamente sujeita à Santa Sé pela bula papal Laeto animo, emitida por Papa Paulo VI.

Em 15 de junho de 2004, passou a ser uma arquidiocese metropolita, pela Bula Ad totius dominici do Papa João Paulo II, designado como novas dioceses sufragâneas as dioceses de Terrassa e Sant Feliu de Llobregat. Estas duas dioceses foram criadas a partir do desmembramento do território da Arquidiocese de Barcelona.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Bispos lendários[editar | editar código-fonte]

  • São Eteri (discípulo do Apóstolo Santiago, ano 37)
  • São Teodósio (cerca do ano 94)
  • Aulo Víctor(ano 139)
  • Actius
  • Teolicus
  • Alexandre I
  • Luci
  • Totxa
  • Deodato I
  • Teodorico
  • Deodato II
  • Peneguardo
  • Pusio
  • Alexandre II
  • Albert
  • Armengald
  • Gandimar
  • Guillem
  • Severo

Bispos de Barcelona[editar | editar código-fonte]

Francisco Climent Sapera (14201429) (Administrador apostólico)
Andreu Bertran (14311433) (Administrador)

Arcebispos de Barcelona[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Barcelona