Arquidiocese de Bogotá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Bogotá
Archidiœcesis Bogotensis
Catedral Primaz da Colômbia
Localização
País Colômbia
Dioceses Sufragâneas Engativá
Facatativá
Fontibón
Girardot
Soacha
Zipaquirá
Estatísticas
População 4 184 000
3 586 000 católicos
Área 4 019 km²
Paróquias 231
Sacerdotes 691
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 11 de setembro de 1562
Elevação a Arquidiocese 22 de março de 1564
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Jesús Rubén Salazar Gómez
Bispo Auxiliar Fernando Sabogal Viana
Arcebispo Emérito Pedro Rubiano Sáenz
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana Primacial
Contatos
Endereço Carrera 7a N. 10-20, Bogota, D.C. 1
Página Oficial http://www.arquibogota.org.co/
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Bogotá (Archidiœcesis Bogotensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Colômbia, que engloba a cidade de Bogotá. É fruto da elevação da Diocese de Santa Fé de Nova Granada. Seu atual arcebispo metropolita é Jesús Rubén Salazar Gómez. Sua é a Catedral Primaz da Colômbia.

Possui 231 paróquias assistidas por 691 párocos e cerca de 85,7% da sua população jurisdicionada é batizada[1] .

História[editar | editar código-fonte]

A Diocese de Santa Fé de Nova Granada foi eregida em 11 de setembro de 1562, com território desmembrado do diocese de Santa Marta. Originalmente, era, provavelmente, sufragânea da Arquidiocese de Santo Domingo.

Em 22 de março de 1564 foi elevada à categoria de Arquidiocese Metropolitana pela bula No Supremo dignitatis apostolicae do Papa Pio IV.

Em 1581 foi estabelecido o primeiro seminário, intitulado a São Luís de França, mas teve que ser fechada em 20 de outubro de 1587 por problemas econômicos, uma vez que a dotação não foi suficiente para cobrir as dívidas e despesas.

Em 18 de outubro de 1605 foi estabelecido o segundo seminário, dedicado a São Bartolomeu, e confiada à Companhia de Jesus. Em 1767, os jesuítas foram expulsos e a vida do seminário sofreu turbulências pela incerteza no controle e financiamento.

Em 8 de junho de 1898 passou a usar o nome da Arquidiocese de Bogotá na Colômbia e em 12 de janeiro de 1953 foi simplificado para Arquidiocese de Bogotá por um decreto do Papa Pio XII.

A 7 de novembro de 1902, o Papa Leão XIII concedeu ao arcebispo e aos seus sucessores o título de Primaz da Colômbia.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dados de 2007.