Artaxata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Artaxata (em armênio Արտաշատ) é uma cidade da Armênia, capital da província do Ararate e localizada poucos quilômetros ao sul de Erevan, capial do país.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada por Artaxias I em 190 a.C. na entrada das planícies do rio Araxes.

Aníbal, após Antíoco III Magno ter sido conquistado pelos romanos, procurou refúgio com Artaxias e observou um lugar desabitado e que tinha várias vantagens naturais, e sugeriu que Artaxias construísse uma cidade.[1] O rei ficou maravilhado, e pediu a Aníbal que supervisionasse o trabalho; quando a cidade foi terminada, ganhou o nome do rei, e se tornou a capital da Armênia.[2]

Estrabão e Plutarco a descreveram como uma grande e bela cidade, apelidada também de "Cartago armênia". Artaxata foi um grande centro de cultura Helenística na sua região, sendo a cidade onde foi construído o primeiro teatro armênio. Artaxata manteve-se como principal centro político e cultural da Armênia até o século V.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Lúculo, 31.3
  2. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Lúculo, 31.4
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.