Arteríola eferente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arteríola eferente
Gray1128.png
Esquema de túbulos renais e seu suprimento vascular.
Gray1129.png
De azul, a arteríola eferente.
Latim arteriola glomerularis efferens capsulae renalis
Gray assunto #253 1221
Vascularização Capilar do glomérulo
Dorlands/Elsevier 12156671

A arteríola eferente é um pequeno vaso arterial, arteríola que resulta da convergência dos capilares do glomérulo desempenhando um papel importante na manutenção de uma pressão de filtração glomerular, independentemente das flutuações da pressão arterial.

Regulação da taxa de filtração glomerular[editar | editar código-fonte]

Quando, em casos de hipotensão grave, há ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona, a maioria das artérias sofre uma vasoconstrição, a fim de manter a pressão arterial adequada. No entanto, isto reduz o fluxo sanguíneo renal por vasoconstrição da artéria renal e suas colaterais. As arteríolas eferentes respondem mais ativamente à angiotensina II e contraem-se mais do que as arteríolas aferentes. A pressão nos capilares glomerulares é assim mantida e filtração glomerular permanece adequada.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]