Arturzinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Arturzinho
Informações pessoais
Nome completo Artur dos Santos Lima
Data de nasc. 13 de maio de 1956 (58 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Meia)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1974
1976–1978
1979–1981
1981
1982
1982–1983
1984
1984–1985
1985–1986
1986–1987
1987–1990
1990
1990
1991
1992–1993
1993–1994
1994
1995
1995
1996
1997
Brasil São Cristóvão
Brasil Fluminense
Brasil Operário
Brasil Internacional
Brasil Operário
Brasil Bangu
Brasil Vasco da Gama
Brasil Corinthians
Brasil Bangu
Brasil Botafogo
Brasil Bangu
Brasil Fortaleza
Brasil Paysandu
Brasil Bangu
Brasil Vitória
Brasil Bahia
Brasil Fortaleza
Brasil Villa Nova
Brasil Madureira
Brasil Olaria
Brasil Fluminense

13 (1)


56 (19)

25 (14)
11 (0)

11 (2)
15 (4)




9 (1)




Seleção nacional
1984 Brasil Brasil 1 (1)
Times que treinou
1997
1997
1998
1999
1999–2000
2000–2001
2001–2002
2002–2003
2003–2004
2004
2004–2005
2005–2006
2006
2006
2006–2007
2008
2009
2009
2009
2010–2011
2011
2013
2013
2013
Brasil Vitória
Brasil Fluminense
Brasil América de Natal
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Santa Cruz
Brasil Vitória
Brasil Vila Nova
Brasil Vitória
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Cabofriense
Brasil Olaria
Brasil Vitória
Brasil Olaria
Brasil Vitória
Brasil Bahia
Brasil Bahia
Catar Al-Kharitiyath
Brasil ABC
Brasil Vila Nova
Brasil Anapolina
Brasil Joinville
Brasil CRAC
Brasil Joinville
Brasil Paysandu

Artur dos Santos Lima[1] , mais conhecido como Arturzinho (Rio de Janeiro, 13 de maio de 1956), é um treinador e ex-futebolista brasileiro, que atuava como meia. Atualmente, está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Nas décadas de 1980 e 1990, atuou por Operário de Campo Grande, Fluminense, Bangu, Vasco da Gama, Corinthians, Bahia e Vitória. Habilidoso, Arturzinho costumava atuar no meio-campo e era um excelente cobrador de faltas. Disputou em 1984 uma partida pela Seleção Brasileira de Futebol, com a camisa 10, marcando o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Arturzinho já passou por clubes conhecidos, como Bahia, Vitória, Fluminense e América de Natal.

No Tricolor de Aço, tirou o time baiano da Série C em 2007, com uma espetacular campanha, onde em 30 jogos perdeu apenas 5, empatou 6 e ganhou 19 jogos, apresentando um futebol convincente e de primeira. Mas retornou ao clube baiano em 2008, dessa vez sem sucesso. Muitos acreditam que se ficasse por mais um tempo, e que talvez tivesse levado o tricolor de volta a Série A do ano seguinte, mas largou o clube na segunda rodada da Série B, após ter sofrido uma goleada diante do Fortaleza, e em 9º lugar na classificação.

No rubro-negro baiano, em sua terceira passagem, ganhou uma Copa do Nordeste, tendo ficado com o vice-campeonato na segunda passagem. Mas em 2006, em sua quinta passagem, não conseguiu realizar um grande comando, e temendo que não saísse da Série C nacional, a diretoria do rubro-negro o demitiu.

Em 2011, teve uma ótima passagem pelo Joinville, onde conquistou a Copa Santa Catarina, a Série C e, consequentemente, o acesso à Série B. Ao todo, foram 22 jogos disputados, 15 vitórias, 6 empates e apenas uma derrota, campanha que rendeu ao treinador um aproveitamento de 77,3%.

Apesar dos títulos e do acesso, Arturzinho não renovou o contrato com o JEC, devido ao alto salário pedido por ele. Pretende, segundo ele próprio, voltar ao Joinville, onde a torcida do clube constantemente exige seu retorno. Declarações do técnico são constantes sobre a boa relação entre ele e a torcida em sua rápida e gloriosa passagem pelo clube catarinense[2] .

No início de 2013, o presidente do JEC, Nereu Martinelli, anunciou, em uma entrevista coletiva, o retorno do técnico ao Joinville para a disputa do Estadual, da Copa do Brasil e da Série B de 2013[3] .

Arturzinho permaneceu no cargo até julho de 2013[4] .

Depois, foi para o Paysandu, onde permaneceu até setembro. Após uma sequência negativa, sendo a última partida uma derrota por 3 a 1 para o Paraná, Arturzinho foi demitido do cargo[5] .

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Fluminense
Operário
Bangu
  • Rio de Janeiro Taça Rio: 1987
Vitória
Bahia
Villa Nova-MG

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Vitória
Vila Nova-GO
América-RN
Joinville

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Bangu

Como treinador[editar | editar código-fonte]

América-RN
Sampaio Corrêa
Vitória
Bahia

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Arturzinho (em português) GrandeÁrea.com. Página visitada em 22 de setembro de 2013.
  2. Obrigado, Arturzinho! (em português) JEC.com (5 de dezembro de 2011). Página visitada em 20 de abril de 2012.
  3. Arturzinho é anunciado como novo técnico do JEC (em português) ANotícia/clicRBS.com (18 de março de 2013). Página visitada em 18 de março de 2013.
  4. Sequência sem vitórias na Série B tira Arturzinho do comando do Joinville (em português) GloboEsporte.com (24 de julho de 2013). Página visitada em 24 de julho de 2013.
  5. Após mais uma derrota, Arturzinho não é mais técnico do Paysandu (em português) Terra.com (18 de setembro de 2013). Página visitada em 22 de setembro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.