As 100 Maiores Personalidades da História

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As 100 maiores personalidades da história: uma classificação das pessoas que mais influenciaram a história (em inglês: The 100: A Ranking of the Most Influential Persons in History) é um livro de 1978 escrito por Michael H. Hart. É uma classificação das 100 pessoas que mais teriam influenciado a história da humanidade, livro que desde sua publicação foi objeto de muitos debates e cujos conceitos foram muito debatidos.

Revisões[editar | editar código-fonte]

O livro foi publicado novamente em 1992 com muitas revisões importantes e significativas na listagem de pessoas e na classificação relativa entre elas. Algumas mudanças significativas foram a redução de status de algumas figuras ligadas ao Comunismo como as de Vladimir Lenin e Mao Tsé-Tung e a introdução de, por exemplo Mikhail Gorbachev. Houve alterações feitas por Hart, como a também Niels Bohr e Henri Becquerel foram substituídos por Ernest Rutherford (e Gorbachev), corrigindo erros da primeira edição. Henry Ford foi "promovido", saindo da lista "Honorary Mentions" (Menções Honrosas), vindo a substituir Pablo Picasso. Houve outras mudanças na sequência do ranking, mas os dez primeiros permaneceram os mesmos da edição original.

Maomé[editar | editar código-fonte]

O que mais surpreendeu os leitores foi a primeira pessoa da listagem de Hart. O autor decidiu posicionar Maomé (Muhammad) antes de Jesus Cristo e Moisés mesmo se for considerado que o islamismo não é a maior religião do mundo, sendo uma crença de área muito distante da pátria do autor. Hart justifica essa escolha ao fato de Maomé ter tido sucesso nos campos da religião e da política. Maomé, conforme Hart, influenciou muito o crescimento e a expansão da fé islâmica, muito mais do que Jesus fez pelo cristianismo. Para Hart quem disseminou a fé cristã foi Paulo de Tarso.

Em adição a essa obra, Hart escreveu uma sequência em 1999, chamada Uma visão do ano 3000, na qual ele escreve pela perspectiva de uma pessoa nessa remota era listando as 100 pessoas mais influentes vistas dessa data. Cerca de metade das pessoas são fictícias, aquelas futura e supostamente influentes entre os anos 2000 e 3000, a outra metade inclui cerca de 50 pessoas da lista devidamente "re-classificadas".

Há ainda outros que não se encontram na lista, porém colocados nas Menções Honrosas, mas não classificados por influência, como é o caso de: Abraham Lincoln, Arquimedes, Benjamin Franklin, Charles Babbage, Fernão de Magalhães, Leonardo Da Vinci, Mahatma Gandhi, Marie Curie, Quéops, Tomás de Aquino, entre outros.

Lista[editar | editar código-fonte]

Segundo o autor, os 100 mais influentes da história são:

pos. nome influência
1 Maomé islamismo, política
2 Isaac Newton ciências (leis do movimento, ótica, cálculo integral etc.)
3 Jesus cristianismo
4 Buda budismo
5 Confúcio confucionismo, filosofia
6 Paulo de Tarso difusor do cristianismo
7 Ts'ai Lun invenção do papel
8 Johannes Gutenberg desenvolvimento de tipos móveis e a prensa de impressão
9 Cristóvão Colombo descoberta da América, "que marca início da exploração e colonização do Novo Mundo"
10 Albert Einstein física moderna (teoria especial da relatividade, teoria geral da relatividade etc.)
11 Louis Pasteur medicina
12 Galileu Galilei ciências (desenvolvimento do método científico, expressão de experimentos em fórmulas matemáticas, lei da inércia etc.)
13 Aristóteles ciências, filosofia, lógica etc.
14 Euclides matemática, Os Elementos
15 Moisés religião judaica, suposto autor da Torá e suposto líder do Êxodo do Egito
16 Charles Darwin ciências (teoria da evolução, entre outras)
17 Shih Huang Ti imperador e unificador da China
18 César Augusto 1º imperador e fundador do Império Romano
19 Nicolau Copérnico "pai da astronomia moderna"
20 Antoine Lavoisier química, física
21 Constantino I política, religião (adoção e difusão do cristianismo, unificação do Império Romano etc.)
22 James Watt aperfeiçoamento de máquinas a vapor
23 Michael Faraday física, química (eletricidade, eletromagnetismo etc.)
24 James Clerk Maxwell física (eletricidade, magnetismo etc.)
25 Martinho Lutero principal responsável pela Reforma protestante
26 George Washington líder da independência dos Estados Unidos e primeiro presidente do país
27 Karl Marx com Friedrich Engels, socialismo, política, filosofia, entre outras
28 Orville Wright e Wilbur Wright inventores do avião
29 Gengis Khan conquistas militares
30 Adam Smith desenvolvimento da teoria econômica
31 Edward de Vere, 17º conde de Oxford creditado que seja o autor das obras literárias de William Shakespeare
32 John Dalton química, física e meteorologia (teoria atômica moderna, entre outras)
33 Alexandre, o Grande conquistas militares
34 Napoleão Bonaparte conquistas militares, política
35 Thomas Edison inventor
36 Antoni van Leeuwenhoek cientista, descobridor dos micróbios, entre outros
37 William T. G. Morton principal inventor e divulgador da anestesia
38 Guglielmo Marconi física, inventor do rádio
39 Adolf Hitler política
40 Platão filosofia, política, religião
41 Oliver Cromwell "principal responsável pelo estabelecimento final da democracia parlamentar na Inglaterra"
42 Alexander Graham Bell inventor do telefone
43 Alexander Fleming descobridor da penicilina
44 John Locke filosofia, política
45 Ludwig van Beethoven música
46 Werner Heisenberg física
47 Louis Daguerre inventor da fotografia
48 Simón Bolívar líder da independência de países sul-americanos
49 René Descartes filosofia, física
50 Michelangelo escultura, pintura e arquitetura
51 Papa Urbano II convocação da primeira Cruzada
52 Omar expansão dos domínios muçulmanos
53 Asoka imperador e líder religioso
54 Agostinho de Hipona religião, filosofia
55 William Harvey medicina (circulação sanguínea, função do coração etc.)
56 Ernest Rutherford física nuclear
57 João Calvino religião, política
58 Gregor Mendel genética
59 Max Planck física quântica
60 Joseph Lister introdução de medidas antissépticas na cirurgia
61 Nikolaus August Otto inventor do primeiro motor de combustão interna de quatro tempos
62 Francisco Pizarro líder militar da conquista do Império Inca
63 Hernán Cortés líder militar da conquista do México
64 Thomas Jefferson política
65 Isabel I de Castela com Fernando de Aragão, unificação da Espanha, patrocínio de explorações as Américas (como a de Cristóvão Colombo) etc.
66 Josef Stalin política
67 Júlio César política, conquistas militares
68 Guilherme I de Inglaterra conquistas militares
69 Sigmund Freud psicanálise
70 Edward Jenner técnicas de vacinação contra a varíola
71 Wilhelm Conrad Rontgen descobridor dos raios X
72 Johann Sebastian Bach música
73 Lao Tsé religião, filosofia
74 Voltaire política, filosofia
75 Johannes Kepler astronomia
76 Enrico Fermi física, projetor do primeiro reator nuclear
77 Leonhard Euler matemática, física
78 Jean-Jacques Rousseau política, filosofia
79 Nicolau Maquiavel política, filosofia
80 Thomas Malthus economia, demografia
81 John F. Kennedy político responsável pelo programa espacial Apolo
82 Gregory Goodwin Pincus papel principal no desenvolvimento da pílula anticoncepcional
83 Mani maniqueísmo
84 Lenin política
85 Sui Wen-Ti responsável pela reunificação da China
86 Vasco da Gama explorador
87 Ciro II fundador do Império Persa
88 Pedro I da Rússia política, economia russa
89 Mao Tsé-Tung política
90 Francis Bacon filosofia, ciências
91 Henry Ford introdução de técnicas de produção em massa na indústria moderna
92 Mêncio filosofia
93 Zoroastro zoroastrismo
94 Isabel I de Inglaterra política, economia
95 Mikhail Gorbachev política
96 Menés unificador do reino egípcio
97 Carlos Magno política
98 Homero literatura, poesia
99 Justiniano I Código Justiniano
100 Mahavira jainismo

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Hart, Michael H. The 100: A Ranking of the Most Influential Persons in History, Revised and Updated for the Nineties. New York: Carol Publishing Group/Citadel Press; first published in 1978, reprinted with minor revisions 1992. ISBN 9780806510682 Preview.
  • Hart, Michael H. As 100 maiores personalidades da história. 14ª ed. Rio de Janeiro: DIFEL, 2011.