As Aventuras de Hans Staden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Índios Tupinambás (imagem do seculo XVI)

As aventuras de Hans Staden é um livro infantil de autoria de Monteiro Lobato, publicado em 1927.

Monteiro Lobato havia publicado em 1925 o livro Meu cativeiro entre os selvagens do Brasil, escrito pelo europeu Hans Staden, relatando o período em que havia sido prisioneiro dos índios tupinambás, no início do século XVI. Monteiro Lobato então lançou, em 1927, o livro As aventuras de Hans Staden, versão do mesmo livro, só que as aventuras são narradas por Dona Benta para os seus netos.


Capítulos
  1. Quem era Hans Staden
  2. A revolta dos índios
  3. A volta para Lisboa
  4. A segunda viagem
  5. Reconhecimento da terra
  6. O naufrágio
  7. O Forte de Bertioga
  8. A captura de Hans Staden
  9. Rumo à taba
  10. Os maracás
  11. O francês sem coração
  12. Antropofagia
  13. A volta do francês
  14. Cenas de canibalismo
  15. Aparece outro navio
  16. A guerra
  17. Festa de canibais
  18. Hans muda de taba
  19. A salvação


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.