As Borboletas de Zagorsk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As Borboletas de Zagorsk (The Butterflies of Zagorsk, 1990) é um documentário produzido pela BBC em 1990 que trata do trabalho desenvolvido em uma escola russa com crianças surdas e cegas, inspirado nos estudos de Lev Vigotski. A obra tem 58 minutos de duração e se passa na cidade de Zagorsk, a 80 km de Moscou.

Os estudos sobre a defectologia, presentes na teoria de Vigotski enfatizam que as pessoas com deficiência, através de mecanismos compensatórios, passam a utilizar seus sentidos normais para substituir seus sentidos perdidos.

A partir do resgate da autoestima dessas crianças e da grande dedicação dos professores envolvidos, podemos perceber que mesmo aqueles com necessidades especiais têm um grande potencial que pode ser desenvolvido. Através do toque das mãos e da vibração da voz, com atenção e orientação apropriados, eles são uma prova de que é possível viver e se adaptar ao mundo tão bem quanto uma pessoa em perfeito exercício de suas habilidades físicas. Portanto, eles não devem ser simplesmente isolados e relegados à margem da sociedade como um grupo que não tem direito a uma vida digna, a ter acesso ao conhecimento, a ir para a universidade ou até mesmo a aprender a se comunicar em inglês, por exemplo. Com apoio e dedicação, as crianças de Zagorsk passaram de meras lagartas presas ao chão a belas borboletas capazes de alçar voos inimagináveis.

"Crianças deficientes não devem ser abordadas através de sua deficiência. Em vez disso, deveriam ser ensinadas a desenvolver seus outros sentidos ao ponto deles poderem ser usados para compensar o que foi perdido".

Série[editar | editar código-fonte]

O documentário faz parte de uma série sobre educação especial intitulada "Os Transformadores".

  • Teacher's Story, A - Out of the Wilderness (1990)
  • Teacher's Story, A - Socrates for Six Year Olds (1990)
  • Teacher's Story, A - The Butterflies of Zagorsk (1990)