As Cruzadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As Cruzadas
The Crusades
 Estados Unidos
1935 • p&b • 125 min 
Direção Cecil B. DeMille
Produção Cecil B. DeMille
Roteiro Harold Lamb
Waldemar Young
Dudley Nichols
Elenco Loretta Young
Henry Wilcoxon
Ian Keith
C. Aubrey Smith
Katherine DeMille
Joseph Schildkraut
George Barbier
Gênero drama histórico
Idioma inglês
Distribuição Paramount Pictures
Página no IMDb (em inglês)

As Cruzadas[1] [2] (The Crusades) é um filme estadunidense de 1935, do gênero drama histórico, dirigido por Cecil B. DeMille. Talvez o menos popular dos épicos de DeMille[3] , o filme é muito criticado pela maneira distorcida como são mostrados o papel do Rei Ricardo Coração de Leão na Terceira Cruzada e sua relação com Berengária, Princesa de Navarra. Por outro lado, as cenas de batalha, especialmente a de Acre, são muito apreciadas pela crítica[3] [4] .

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Estamos no século XII. Jerusalém caiu nas mãos dos sarracenos e os cristãos são mortos ou vendidos como escravos. A Europa é conclamada a empreender nova cruzada contra os infiéis.

Para fugir de um casamento incômodo com Alice, Princesa de França, o rei da Inglaterra, Ricardo Coração de Leão, conduz seus cavaleiros para a Terra Santa. Ao passar por Navarra, casa-se com a Princesa Berengária e a leva junto na empreitada, porém concordam em que ela permaneça virgem até a vitória final.

Com o intuito de deter os cruzados, o sultão Saladino rapta Berengária mas acaba atraído por ela. Ricardo parte para resgatá-la e, depois de tomar Acre, põe seus homens no caminho da Cidade Sagrada. Após muitas mortes, Saladino pede uma trégua e Ricardo e Berengária, agora apaixonados, finalmente consumam o matrimônio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Loretta Young Princesa Berengária
Henry Wilcoxon Rei Ricardo Coração de Leão
Ian Keith Sultão Saladino
C. Aubrey Smith O eremita
Katherine DeMille Princesa Alice
Joseph Schildkraut Marquês Conrad de Montferrat
Alan Hale Blondel
C. Henry Gordon Rei Filipe II, da França
George Barbier Rei Sancho, de Navarra

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria(s) Indicada(s) Categoria(s) Premiada(s)
Oscar
(1935)
Melhor Fotografia ---

Referências

  1. Filmografia de Cecil B. de Mille na Infopédia.pt
  2. Interfilmes, site brasileiro
  3. a b EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  4. MATTOS, A. C. Gomes de, Hollywood Anos 30, Rio de Janeiro: EBAL - Editora Brasil-América, 1991

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • EAMES, John Douglas, The Paramount Story, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Anexo:Filmes de 1935 da Paramount Pictures

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre As Cruzadas