As Origens do Totalitarismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elemente und Ursprünge totaler Herrschaft
As Origens do Totalitarismo
Autor (es) Hannah Arendt
Idioma Alemão
Assunto Nazismo, stalinismo, totalitarismo
Género Não-ficção
Editora Schocken Books (em inglês)
Páginas 704
ISBN ISBN 0-8052-4225-2,
ISBN 978-0-8052-4225-6
Edição portuguesa
Tradução Roberto Raposo
Editora Publicações Dom Quixote
Lançamento 2006
ISBN 9789722029094
Edição brasileira
Tradução Roberto Raposo
Editora Companhia das Letras
Lançamento 1989
ISBN 85-7154-065-3 1

As Origens do Totalitarismo (em alemão: Elemente und Ursprünge totaler Herrschaft, lit. "Elementos e Origens do Governo Totalitário") é um livro da autora teuto-americana Hannah Arendt que descreve e analisa os dois principais movimentos totalitários do século XX, o nazismo e o stalinismo. Seu título original era O Fardo de Nossos Tempos, e chegou a ser publicado como O Fardo de Nosso Tempo (The Burden of Our Time [sic]) na Grã-Bretanha em 1951.[1] Foi reconhecido desde sua publicação, naquele mesmo ano, como o relato mais abrangente do tema, e posteriormente denominado um clássico pelo Times Literary Supplement.

O livro continua a ser até hoje uma das análises filosóficas definitivas do totalitarismo, ao menos na forma em que assumiu no século XX.

Arendt dedicou o livro a seu marido, Heinrich Blücher.

Referências

  1. British Library ID BLL01000107370.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com As Origens do Totalitarismo


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.