As Virgens Suicidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
The Virgin Suicides
As Virgens Suicídas (PT/BR)
 Estados Unidos
1999 • cor • 97 min 
Direção Sofia Coppola
Produção Francis Ford Coppola
Julie Costanzo
Dan Halsted
Chris Hanley
Roteiro Jeffrey Eugenides (livro)
Sofia Coppola (roteiro)
Narração Giovanni Ribisi
Elenco James Woods
Kathleen Turner
Kirsten Dunst
Josh Hartnett
Danny DeVito
Género Drama / Suspense
Idioma Inglês
Música Air
Cinematografia Edward Lachman
Edição Melissa Kent
James Lyons
Estúdio American Zoetrope
Distribuição Estados Unidos Paramount Classics
Reino Unido Pathé
Orçamento US$ 9 milhões[1]
Receita US$ 10.409.377[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Virgin Suicides (pt / br: As Virgens Suicidas) é o primeiro filme dirigido por Sofia Coppola, filha do cineasta Francis Ford Coppola. O filme, lançado em 1999, é baseado na obra de Jeffrey Eugenides. É estrelado por James Woods, Kathleen Turner e Kirsten Dunst.

Resumo[editar | editar código-fonte]

O casal Lisbon (James Woods e Kathleen Turner) vive numa cidade americana em 1974. Tem cinco filhas, Therese (Leslie Hayman), Mary (A.J. Cook), Bonnie (Chelsea Swain), Lux (Kirsten Dunst) e Cecilia (Hanna Hall). Lindas, são alvo da investida dos meninos da região, todos encantados com a aura de mistério que as rodeia, pois seus pais são extremamente repressores. No entanto, Cecilia tenta o suicídio, e, numa tentativa frustrada, seus pais tentam integrá-las à comunidade. Porém, Cecilia consegue realizar seu desejo de suicídio, atirando-se na grade debaixo da janela do quarto, durante uma festa que acontecia no porão da casa dos Lisbon. Posteriormente, Lux se envolve com o playboy Trip Fontaine (Josh Hartnett) e, durante o baile da primavera, perde a virgindade e é abandonada após a festa por ele. Esta chega em casa separada das irmãs, o que faz seus pais tomarem a decisão que faz as garotas posteriormente seguirem o destino de Cecilia. Nesse meio tempo, elas são observadas pelos inocentes garotos do bairro, que se comunicam com elas através de músicas tocadas pelo telefone. No entanto, depois de alguns meses, elas se suicidam, cada uma a seu modo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
James Woods Sr. Ronald Lisbon
Kathleen Turner Sara Lisbon
Kirsten Dunst Lux Lisbon
Josh Hartnett Trip Fontaine (Jovem)
Hanna Hall Cecilia Lisbon
A.J. Cook Mary Lisbon
Danny DeVito Dr. E.M. Horniker
Dwayne Johnson David jack
Leslie Hayman Therese Lisbon
Chelsea Swain Bonnie (Bonnaventure) Lisbon
Michael Paré Trip Fontaine (Adulto)
Jonathan Tucker Tim Winer
Scott Glenn Padre Moody
Robert Schwartzman Paul Baldino
Hayden Christensen Jake Hill Conley

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora original foi inteiramente composta pelo duo francês Air. A trilha sonora secundária contém várias músicas da década de 70.

Trilha sonora original[editar | editar código-fonte]

The Virgin Suicides
Trilha sonora de Air
Lançamento 29 de fevereiro de 2000
Gravação 1999
Gênero(s) Trilha sonora, Electronica
Duração 40:29
Gravadora(s) Astralwerks
Produção Air
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Air
Último
Último
Moon Safari
(1998)
10 000 Hz Legend
(2001)
Próximo
Próximo
  1. "Playground Love" (vocals by Gordon Tracks) – 3:32
  2. "Clouds Up" – 1:30
  3. "Bathroom Girl" – 2:25
  4. "Cemetary Party" – 2:36
  5. "Dark Messages" – 2:28
  6. "The Word 'Hurricane'" – 2:33
  7. "Dirty Trip" – 6:12
  8. "Highschool Lover" (theme from The Virgin Suicides) – 2:42
  9. "Afternoon Sister" – 2:24
  10. "Ghost Song" – 2:16
  11. "Empty House" – 2:58
  12. "Dead Bodies" – 2:59
  13. "Suicide Underground" – 5:52

Trilha sonora secundária[editar | editar código-fonte]

  1. "Magic Man" - Heart
  2. "Hello It's Me" - Todd Rundgren
  3. "Everything You've Done Wrong" - Sloan
  4. "Ce Matin LA" - Air
  5. "The Air That I Breath" - The Hollies
  6. "How Can You Mend A Broken Heart" - Al Green
  7. "Alone Again (Naturally)" - Gilbert O'Sullivan
  8. "I'm Not In Love" - 10cc
  9. "So Far Away" - Carole King
  10. "A Dream Goes On Forever" - Todd Rundgren
  11. "Crazy On You" - Heart
  12. "Playground Love" (Vibraphone Version) - Air
  13. "Come Sail Away" - Styx

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b The Virgin Suicides (em inglês) Box Office Mojo. Página visitada em 14 de janeiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]