Asa-de-sabre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAsa-de-sabre
Campylopterus Obscurus - Gould.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Apodiformes
Família: Trochilidae
Género: Campylopterus
Swainson, 1827
Espécies
Ver texto

Asa-de-sabre é o nome comum dado aos beija-flores classificados no género Campylopterus. O grupo inclui onze espécies, três das quais com ocorrência no Brasil. São aves neotropicais que habitam florestas montanhosas, em geral junto de ribeiros.

Os asa-de-sabre têm em média 12 a 15 cm de comprimento e, embora sejam aves de pequeno porte, são relativamente grandes comparando com os restantes beija-flores. O bico é preto, forte e ligeiramente curvo. As duas remiges (penas de voo) primárias externas são espessas e curvas, o que dá às asas um aspecto geral recurvado. Esta característica está na origem do nome comum asa-de-sabre e do nome genérico Campylopterus, do grego kampylos (curvo) + pteron (asa).

A plumagem dos asa-de-sabre é à base de verde-acastanhado, canela, cinza e combinações. Algumas espécies têm tons adicionais de violeta, em particular nas zonas da cabeça, cauda e/ou garganta.

Os asa-de-sabre alimentam-se de néctar de flores, como a maioria dos beija-flores, com preferência para flores do género Heliconia.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Swifts, hummingbirds & allies (em Inglês) IOC World Bird List. International Ornithologists’ Union. Página visitada em 17 de novembro de 2012.