Ascari Ecosse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ascari Escosse
Ascari Ecosse.jpg
Visão Global
Produção 1998-1999
Fabricante Ascari
Modelo
Classe Desportivo
Carroceria Duas portas dois lugares coupe
Designer Lee Noble
Ficha técnica
Motor BMW 4.7L V8
Transmissão Cinco marchas manual[1]
Layout Motor central tração traseira
Dimensões
Comprimento 4280 mm [1]
Entre-eixos 2850 mm[2]
Largura 1828 mm [1]
Altura 1120 mm [1]
Peso 1250 kg [1]
Cronologia
Último
Último
Ascari KZ1
Próximo
Próximo

O Ascari Ecosse é um carro desportivo de motor central[1] produzido pela Ascari de 1998 a 1999[1] . Foi o primeiro carro de produção feito pela companhia e é baseado no carro conceptual Ascari FGT.

FGT[editar | editar código-fonte]

Em 1995, a Ascari mostrou o o conceito FGT em várias mostras automobilísticas europeias, com um desenho feito por Lee Noble[1] . Tinha um motor V8 Chevrolet de combustível injectado de 6 litros posicionado a meio do carro, atrás do condutor.

Ao mesmo tempo que o carro conceptual foi lançado, o holandês Klaas Zwart decidiu inscrever o FGT em corridas, com um motor V8 da Ford, e entrar no Campeonato Britânico de Gran Turismo. Com um carro conceito a ter os requerimentos de homologação, Zwart conseguiu ganhar um evento no Circuito de Silverstone na época de estreia do carro em 1995. O carro também tentaria qualificar-se para as 24 Horas de Le Mans mas não seria rápido o suficiente para passar as pré-qualificações. O carro continuou a manter o ritmo com recém-chegados ao Gran Turismo Britânico em 1996, antes de Zwart fazer parceria com William Hewland, o dono das engenharias Hewland, para uma época parcial em 1997, com o seu melhor acabando em quarto em Donington Park.

Depois da época de 1997, a Ascari passou a produzir em massa o FGT, dando-lhe o nome de Ecosse.

Ecosse[editar | editar código-fonte]

A versão de produção do Ecosse tinha um motor V8 da BMW em vez das unidades da Chevrolet e da Ford, embora este fosse ajustado pela Hartge. O motor de 4.4 litros produzia à volta de 300 cv, enquanto o seguinte e maior motor de 4.7 litros[1] produzia à volta de 400 cv.[1] [3] .

O chassis de estrutura espacial e a suspensão em duplo A carregavam uma carroçaria de fibra de vidro muito leve, pesando apenas 1250 kg. O Ecosse, com o maior motor de 4.7 litros era capaz de ir dos 0 aos 100 km/h em 4.1 segundos[1] [3] enquanto a velocidade máxima atingia os 322 km/h[1] [3] . Apenas se sabe que 17 exeplares[1] [3] foram produzidos, no entanto nove destes ainda permanecem até hoje, enquanro os outros oito foram destruídos.

O Ecosse acabaria por ser substituído pelo Ascari KZ1 em 2003.[4]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g h i j k l m 1999 Ascari Ecosse. Supercars.net Publishing. (inglês)
  2. Ascari Ecosse - Stats. PistonHeads.com Speed Matters. (inglês)
  3. a b c d Robert Farago (2001-11-27). Ascari Ecosse. PistonHeads.com Speed Matters. (inglês)
  4. Ascari SpeedNotes - History of the Company (PDF). Ascari Cars. (inglês)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Diseno Art - Ascari Ecosse