Ashikaga Yoshiaki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ashikaga Yoshiaki

Ashikaga Yoshiaki (足利 義昭, 5 de dezembro de 1537 - 9 de outubro de 1597?) foi o décimo quinto e último shōgun do shogunato Ashikaga que governou entre 1568 e 1573 no Japão.[1] Foi filho do décimo segundo shogun Ashikaga Yoshiharu e irmão do décimo terceiro shogun, Ashikaga Yoshiteru.[2]

A ausência de um poder central de facto em Kyoto obrigou a que o exército de Oda Nobunaga restabelecesse o shogunato com a assistência de Yoshiaki que sería um governante fantoche, dando inicio ao período Azuchi-Momoyama. O seu primo Ashikaga Yoshihide foi deposto sem entrar sequer no país.

Contudo, as intenções de Nobunaga em unificar o país, fizeram com que este expulsasse Yoshiaki para fora de Kyoto e que abolisse o shogunato Ashikaga, enquanto que Yoshiaki mantinha uma posição nominal até 1588.

Precedido por
Ashikaga Yoshihide
Shogunato Muromachi
1568–1588
Sucedido por

Referências

  1. Ackroyd, Joyce. (1982) Lessons from History: The Tokushi Yoron, p. 332.
  2. Siyun-zai Rin-siyo (1834). Annales des empereurs du Japon (em francês) p. 385-389.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]