Aspergillus flavus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAspergillus flavus
Aspergillus flavus 01.jpg

Classificação científica
Reino: Fungi
Filo: Ascomycota
Classe: Ascomycetes
Ordem: Eurotiales
Família: Trichocomaceae
Género: Aspergillus
Espécie: A. flavus
Nome binomial
Aspergillus flavus
Link, 1809

Aspergillus flavus é uma espécie de fungo cosmopolita que desenvolve-se em vários tipos substratos, dentre os quais alimentos como grãos de amendoim, soja, castanha-do-pará e outros, produzindo aflatoxinas , que são micotoxinas [metabolitos secundários], responsáveis por grandes perdas econômicas. É um fungo de grande importância médica no que diz respeito a infecções oportunistas como a aspergilose (colonização das vias e do trato respiratório) e alergias respiratórias.

Morfologicamente, pode apresentar hifas hialinas, estirpes e esporos rugosos, vesícula globulosa ou piriforme, esporos globulosos de cor verde oliva, pode ser unisseriado, apresentando métulas de onde originam se os esporos ou podem ser bisseriados, possuindo métulas e fialides, os conidioforos originam se de uma estrutura chamada celula pé. Macroscopicamente possui textura pulvurulenta, micelio branco, com esporulação cuja a tonalidade varia de verde oliva à amarelado. Dependendo do meio de cultura pode ou não haver coloração no reverso da placa, sendo radiado em qualquer condição de cultivo em meio solido.

Possui grande valor do ponto de vista biotecnologico por ser um exelente produtor de enzimas de interesse alimentício, como pectinases utilazadas para clarificação de sucos de frutas, amilases para fabricação de xaropes e a produção do acido citrico assim como também é produtor de micotoxinas como as [aflatoxinas B1], [B2], [G1], [G2] e [M1] sendo esta ultima metabolito da aflatoxina B1.


[1]

  1. Biologia, volume 2: seres vivos/fisiologia / Wilson Roberto Paulino. -- 1ed. -- São Paulo : Ática, 2005., página 73. http://naturdata.com/Aspergillus-flavus-11804.htm Aspergillus flavus. Fungos toxigenicos e micotoxinas. Boletim tecnico. Instituto de biologia. Campinas - SP 12:26p, Mallozoni & Corrêa, 1998
Ícone de esboço Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.