Aspidoscelis marmorata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicalagarto-marmoreado
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Sauria
Família: Teiidae
Género: Aspidoscelis/Cnemidophorus
Espécie: marmorata
Sinónimos
Cnemidophorus marmoratus (Baird e Girard, 1852), Cnemidophorus marmoratus marmoratus (Baird e Girard, 1852), Cnemidophorus tigris marmoratus (Burger, 1950), ?Aspidosceis tigris (Reed et al, 2002)

O lagarto marmoreado (Aspidoscelis marmorata) é uma espécie de rabo de chicote que vive nos Estados Unidos da América(Novo México e Texas) e no norte do México (Coahuila, Chihuahua e Durango). Em 1852 foi classificada como uma espécie independente, Cnemidophorus marmoratus. em 1950 tornou-se uma subespécie de Aspidoscelis tigris. Mas em 2002 foi reclassificada como Aspidoscelis marmorata.

Descrição[editar | editar código-fonte]

nasce com 8-12 polegares. É cinza ou preto, com 4 a 8 listras amareladas. Muitas vezes tem manchas escuras, dando-lhe uma aparência marmoreada. A barriga é clara e a garganta é pêssego. São lagartos magros, com uma cauda longa e fina, daí o nome "rabo de chicote".

Comportamento[editar | editar código-fonte]

É diurno e insetívoro. Gosta de locais semi-áridos com algumas plantas. Se reproduz na Primavera e põe até 4 ovos.

Subespécies[editar | editar código-fonte]

Existem duas subespécies reconhecidas de A. marmorata, A. marmorata marmorata e A. marmorata reticuloriens

Sinônimos taxonômicos[editar | editar código-fonte]

  • Cnemidophorus marmoratus (Baird & Girard, 1852)
  • Cnemidophorus marmoratus marmoratus (Baird & Girard, 1852)
  • Cnemidophorus tigris marmoratus (Burger, 1950)
  • ?Aspidoscelis tigris (Reed et al, 2002)