Assassin's Creed: Bloodlines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Assassin's Creed: Bloodlines
Desenvolvedora Ubisoft Montreal
Griptonite Games
Publicadora(s) Ubisoft
Plataforma(s) PlayStation Portable
Série Assassin's Creed
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Ação-aventura e stealth em terceira-pessoa
Modos de jogo Single-player
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Média UMD, distribuição digital

Assassin's Creed: Bloodlines é um jogo eletrônico lançado exclusivamente para o portátil PlayStation Portable, e faz parte da série Assassin's Creed, ambientado entre os eventos do primeiro jogo da série e Assassin's Creed II. O jogo foi desenvolvido pela Ubisoft Montreal em conjunto com a Griptonite Games e publicado pela Ubisoft[2] em 17 de novembro de 2009 na América do Norte e 20 de novembro do mesmo ano na Europa.[1]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed é um jogo de ação-aventura implementado com elementos de stealth, no qual o jogador primariamente assume o papel de Altaïr durante a experiência de Desmond, da mesma maneira que em Assassin's Creed. Ao contrário do spin-off anterior da série, Assassin's Creed: Altaïr's Chronicles, para Nintendo DS, o jogo trará uma jogabilidade semelhante ao jogo original, com a qual os jogadores serão capazes de percorrer um mundo aberto com jogabilidade não-linear, permitindo-os a andar pela ilha livremente. O elemento de stealth deste jogo pode ser alcançado ao manter-se fora da vista dos inimigos e misturando-se com o ambiente, utilizando esconderijos como carroças com feno, por exemplo.[3]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed: Bloodlines se passa antes dos eventos de Assassin's Creed II, mas após os eventos do primeiro jogo da série. O jogo é ambientado na ilha de Chipre, onde os jogadores tomam o papel de Altaïr, o protagonista original da série. Altaïr saiu da Terra Santa (que foi o local do primeiro jogo) em direção a Chipre para assassinar os últimos remanecentes dos templários, o que é a premissa do jogo. O jogo será usado para explicar a conexão entre três personagens principais da série: Altaïr Ibn La-Ahad, Desmond Miles (descendente de Altaïr) e Ezio Auditore da Firenze (personagem principal de Assassin's Creed II e descendente de Altaïr).[3]

Conectividade[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed: Bloodlines irá possuir uma conectividade exclusiva com a versão para PlayStation 3 de Assassin's Creed II. Isto foi revelado durante a E3 de 2009 que, ao conectar um PSP a um PlayStation 3, seis armas exclusivas e únicas podem ser desbloqueadas em ambos Assassin's Creed II e Assassin's Creed: Bloodlines.

"Pacote de Entretenimento"[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed: Bloodlines será lançado junto com um Pacote de Entretenimento de Assassin's Creed, que consiste do jogo em si, um PSP-3000 branco, um Memory Stick e um filme UMD.[4]

Assassin's Creed
(Cronologia Fictícia)

Altaïr's Chronicles
Assassin's Creed
Bloodlines
Assassin's Creed II
Discovery
Assassin's Creed II (continua)
Brotherhood
Revelations
IV: Black Flag
Assassin's Creed III
III: Liberation

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Assassin's Creed: Bloodlines