Associação Esportiva Velo Clube Rioclarense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Velo Clube
Velo Clube
Nome Associação Esportiva Velo Clube Rioclarense
Alcunhas Rubro Verde
Velão
Galo Vermelho
Torcedor/Adepto Rubro Verde
Mascote Galo Vermelho
Fundação 28 de agosto de 1910 (104 anos)
Estádio Benitão
Capacidade 8.136 pessoas [1]
Localização Rio claro.PNG Rio Claro, SP
Presidente Brasil Adalberto Irineu Borges (Betinho)
Treinador Brasil
Patrocinador
Material esportivo Brasil Super Bolla
Competição São Paulo Campeonato Paulista - Série A2
São Paulo A2 2014
São Paulo CP 2014
7º Colocado
A disputar
São Paulo A2 2013 12º Colocado
São Paulo A2 2012
São Paulo CP 2012
9º Colocado
4º Colocado
Website veloclube.com.br
Kit left arm thingreenborder.png Kit body velo14h.png Kit right arm thingreenborder.png
Kit shorts velo14h.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm thinredborder.png Kit body velo14a.png Kit right arm thinredborder.png
Kit shorts velo14a.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Associação Esportiva Velo Clube Rioclarense[nota 1] é um clube brasileiro de futebol da cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo. Suas cores são verde e vermelho.

História[editar | editar código-fonte]

Fundado em 28 de agosto de 1910, um ano apenas após seu maior rival - o Rio Claro Futebol Clube - por Venâncio Baptista Chaves, Miguel Ângelo Brandoleze, Miguel Ferrari e Amadeu Rocco, no propósito de criar um clube que promovesse o ciclismo. Esta modalidade perdurou por uma década. Grandes azes do pedal da época, como: Alberto Lassem Filho (Nessal), Venâncio Baptista Chaves (Vebacha) e outros tantos. Em 1920, o clube foi reorganizado e um movimento encabeçado por Felício Castellano e Aldino Tebaldi, introduziram a prática do futebol. A partir daí, o clube passou a acumular triunfos. Com cinco anos de atividade conquistou seu primeiro título de Campeão do Interior, para em 1926, ser vice - campeão do estado de São Paulo, pela APEA - Associação Paulista de Esportes Atléticos.

Em 1948, ingressa no profissionalismo da FPF. Neste mesmo ano, pela "Melhor de 3", contra o Rio Claro Futebol Clube em disputa da "Taça A Favorita", o rubro-verde, leva a melhor e conquista esta taça, com estes resultados 2 a 1, 1 a 1, e 2 a 2. Foi ainda neste ano que aconteceu o primeiro "Dérbi" estando o Velo Clube no profissionalismo. Este jogo aconteceu no campo do Velo no antigo Estádio do Bairro da Saúde e com grande público para ver a vitória Velista contra o Timaço que tinha o rival Galo Azul, por 2 a 1, gols marcados por Freitas (contra) e Dinho (Luiz Salomão) para o Velo Clube e cobrando penalidade máxima, faltando 2 minutos para terminar o jogo, Gradim descontou para o Rio Claro FC.

Em 1953, a FPF determina que somente clubes de cidades com mais de 50 mil habitantes, poderiam disputar a segunda divisão. Só em 1968 que o Velo Clube sagra-se campeão da Primeira Divisão. Logo em seguida à conquista do título, o Velo licencia-se para a construção de seu novo estádio. As obras iniciaram-se em 22 de Junho de 1969, com a cooperação da comunidade e foi inaugurado em 7 de Setembro de 1972, com o jogo Velo Clube 1 x 4 Palmeiras. No mesmo ano o Velo fica Campeão da séria "Belfort Duarte".

A maior glória para os torcedores velistas, sem dúvida nenhuma foi ter ascendido a Primeira Divisão do futebol paulista no ano de 1978. E também de uma humilhante vitória em cima do eterno rival o Rio Claro F.C., mais conhecido na cidade por " Aguinha! " O placar foi de 11 x 2 em 1983.

No ano de 2011, após o acesso consequente do vice-campeonato da Série B do campeonato Paulista (4ª divisão)no ano anterior, o Velo Clube Rioclarense disputa a série A3 do Campeonato Paulista, o equivalente a 3ª Divisão do estado, e se classifica em 2º lugar para o quadrangular final onde foram disputados 6 jogos contra Penapolense, Taubaté e XV de Jaú em dois turnos no qual o clube Rioclarense conquistou o acesso para a série A2 do estado ao terminar na 2ª posição após na última rodada vencer o Esporte Clube Taubaté pelo placar de 4 a 1 jogando no Benitão.

O Velo Clube tinha estádio próprio, o Benito Agnelo Castelano (Benitão); porém, devido as enormes dívidas contraídas pelo clube na década de 1990 e no começo dos anos 2000, o estádio foi declarado Municipal.

Linha do tempo: Datas marcantes do Velo Clube[editar | editar código-fonte]

» Fundação em 28 de agosto de 1910,na residência de Miguel Ângelo, á Rua 1, Avenidas 4 e 6, aconteceu a assembléia oficial da fundação do clube.

» 18 de dezembro de 1.910 - inauguração do Velódromo com uma pista de 240 metros. Houve uma prova ciclística.

» Em 1.912 o Velo Clube, comemorou festivamente o seu segundo aniversário. Durante os anos seguintes, entretanto ,ocorreu uma paralisação que se prolongou até 1.919.

» 1.919- por esforços de Venâncio Batista Chaves, José Mattola, José Felix Teixeira e Domingos Giovanni, o clube foi reorganizado com uma nova Diretoria , constituída da seguinte forma:- Presidente; Joaquim Alves Penna ; Vice-Presidente:- Olavo Quintella; Tesoureiro;- Alexandre Nociti ;Primeiro Secretario:- José Felix Teixeira ; Segundo Secretario:- Afonso de Pilla ; Procuradores:- Domingos Giovanni e Antonio Wieckmann ; Orador:- Miguel Angello Brandoleze ; Fiscais ;- José Mattola, Alberto Duarte, David Correa e, Emilio Ludki ; Diretor Esportivo :- Venâncio Baptista Chaves.

» 1920- Da idéia de um grupo, liderados por Felício Castelano e Aldino Tebaldi, foi introduzido o Futebol. No dia 16 de maio de 1.920, em uma fusão com o já existente Comercial FC e, passando a denominar-se Associação Esportiva Velo Clube Rio-Clarense.

» 1920- É construído o Campo de Futebol, com uma pequena Arquibancada de madeira em um terreno entre a Vila da Caridade São Vicente de Paula e a Santa Casa de Misericórdia, hoje o atual local em que esta localizado o Benitão, que foi inaugurado em 10 de outubro de 1.920.

» Em 30 de outubro de 1.938, inauguração de seu novo estádio, com Arquibancadas de Cimento Armado.

» Em 5 de abril de 1.953, inauguração do Alambrado que recebeu o nome de “Alambrado Floriano Bianchini” um dos maiores Patrono do Velo Clube.

» Em 22 de junho de 1.969,inicio da construção de seu futuro estádio "Benitão", tudo feito pelos Velistas da época, em sistema de Mutirões.

» Em 7 de setembro de 1.972 inauguração do estádio que viria a denominar-se Estádio Benito Agnello Castellano.

» Em 31 de janeiro de 1.973, inauguração do Busto do maior Benemérito do Velo Clube, Benito Agnello Castellano.

» 1.973- O Velo Clube conquista o Titulo de “Quinto Clube de Futebol mais Querido do Estado de São Paulo” Pesquisa feita pela” Revista Placard”pelo jornal” Diário da Noite”e jornal “Folha da Tarde” Em primeiro ficou o SC Corinthians Paulista; em segundo SE Palmeiras; em terceiro São Paulo FC ; em quarto lugar Santos FC e, em quinto lugar AE Velo Clube Rio-Clarense.

» Em 24 de junho de 1.975, na Gestão do então presidente Sillas Bianchini.a inauguração do seu sistema de iluminação, com implantação de 4 torres, sustentando 4 holofotes cada do Estádio Benito A Castellano.

» 1.978- Vice-Campeão da divisão Intermediaria,com o direito de disputar uma vaga na Divisão Especial, contra o Paulista FC de Jundiaí, onde foram jogados 3 partidas em uma melhor de 3, com o Velo ganhando 2 e empatando uma, conseguiu o seu acesso juntamente com a AA Internacional de Limeira, ingressando assim na Divisão Especial (atual Série A1), do Campeonato Paulista de 1.979.

» 1.991- Vice-Campeão da Segunda Divisão, subindo para a Divisão Intermediaria, juntamente com o AD São Caetano. Por motivos de o Estádio Benitão não comportar 15.000 torcedores, o Velo ficou amargando a Segunda Divisão.

» 1.992- 93- Classificou-se entre os 16 clubes para formar a Série A-3, porem pelo motivo, de novo, de o estádio não comportar 15.000 torcedores o Velo Clube não seguiu em frente.

Hino: Grande relíquia de antigamente[editar | editar código-fonte]

Autor: Sidney W. Barreto

Salve oh Velo Clube Galo de vitórias mil! Rubro-Verde tu és a esperança De Rio Claro céu de anil!

Lembra Benito sua gloria! Gravado na história Deste hino vibrante! Da luta e de muito amor Salve a jornada brilhante Salve o Velo de valor!

Salve oh Velo Clube Galo de vitórias mil! Rubro-Verde tu és a esperança De Rio Claro céu de anil!

Salve O esquadrão esplendente guerreiro e Valente! Toca a bola pra frente Salve o Velo Campeão! Que mexe com a emoção Dessa torcida presente Do ciclismo ao Futebol! Gooool, Gooool, Goooolllllll.

Mascote[editar | editar código-fonte]

Nas décadas de 1930, 40 e 50, havia uma atividade muito popular no País: as “brigas de galo”. Sua importância era tamanha que o conceito de “galo”, ou seja, aquele time que ganha de todos e espera desafios, acabou se enraizando no futebol de maneira muito forte. Nas rinhas de galo (locais de competição), o galo vermelho, ou “galo índio”, era geralmente considerado o mais bravo e vencedor. Assim, devido às conquistas na cidade e à suas cores, o Velo Clube acabou recebendo a mesma denominação: “Galo Vermelho”. A histórica rivalidade, que está completando um século, com o Rio Claro, também contribuiu para fortalecer o apelido e a mascote. Tanto é que a equipe rival é chamada, igualmente pelas suas cores, de “Galo Azul”.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
São Paulo Campeonato Paulista do Interior 1 1925
Municipais
Competição Títulos Temporadas
Bandeira Rio Claro (São Paulo).png Taça Cidade de Rio Claro 1 2012

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

Rio Claro FC[editar | editar código-fonte]

Seu maior rival é o Rio Claro, com quem faz o Derby Rio-clarense, em toda a história foram 150 jogos, com 60 vitórias velistas, 40 vitórias do Rio Claro e 50 empates, com 209 gols para o Velo Clube e 208 gols marcados para os rivais. A maior goleada do confronto, foi em 1983, na vitória do Velo Clube por 11 a 2. Embora esses dados seja da nossa diretoria, o Velo não ganha um Dérby do rival há mais de 20 anos. Em 2012 o confronto entre as duas equipes foi um empate por 2x2 pela 6ª rodada da Série A2 Campeonato Paulista. No 2º semestre pela Copa Paulista perdemos por 0 x 1 em casa. Em 2013 pelo Paulista A2 perdemos novamente em casa por 0 x 2.

Internacional de Limeira[editar | editar código-fonte]

A Inter de Limeira é um outro grande rival do Velo Clube, cuja a rivalidade aumentou muito nos anos 2000, sendo da mesma região, os dois clubes têm se enfrentado constantemente no Campeonato Paulista de Futebol - Série A3, tendo um histórico equilibrado entre as duas equipes.

==Elenco 2012

Legenda
  • Capitão : Capitão
  • Suspenso : Jogador suspenso
  • Lesão : Jogador contundido
  • Seleção brasileira : Seleção brasileira


Goleiros
Jogador
Brasil Ferrari
Brasil Rodrigo Laiala Lesão
Brasil Roni
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Thiago Z
Brasil Ernando Z
Brasil Fandinho Z
Brasil João Paulo Z
Brasil Murilo Z
Brasil Alex LD
Brasil Leo LD
Brasil Ruhan LD
Brasil Vinicius LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Binerck V
Brasil Denis Capitão V
Brasil Fabinho V
Brasil João Vinicius V
Brasil Moises V
Brasil Fernandinho V
Brasil Renato V
Brasil Felipe Piovesan M
Brasil Rafinha M
Atacantes
Jogador
Brasil Eder Paulista
Brasil Reginaldo Lesão
Brasil Samuel
Brasil Tom
Brasil Alex Cambalhota
Brasil Luciano
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Evaristo Piza T
Brasil Alexsander TG
Brasil Luiz Salles MD
Brasil Luiz Ferro MD
Brasil Vitor MA
Brasil Roberson MA
Brasil Clayton NT

Transferências para 2012[editar | editar código-fonte]

Legenda:

  • Volta de Empréstimo: Jogadores que voltam de empréstimo
  • Emprestado: Jogadores emprestados

Notas

  1. De acordo com as normas ortográficas atuais, o nome da entidade deveria ser grafado Associação Esportiva Velo Clube Rio-Clarense

Referências

  1. CNEF da CBF (PDF) (em português) Site Oficial da CBF. Página visitada em 09/03/12.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Velo V10

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.