Associação Novo Macau Democrático

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de armas da Região Administrativa Especial de Macau

Política de Macau

Região Administrativa Especial
Princípio de "1 país, 2 sistemas"
Lei Básica
Declaração Conjunta
Órgãos de poder atuais
Sistema "Partidário" (ou Associativo)
Freguesias e Municípios
Sufrágio indireto em Macau
Eleições na RAEM
  • Legislativas: 2001 - 2005 - 2009 - 2013
  • Para o CE: 1999 - 2004 - 2009
Portal.svg Portal de Macau
António Ng Kuok Cheong, em 2008.
Au Kam San, em 2008.
Chan Wai Chi, em 2009.

A Associação Novo Macau Democrático (na língua chinesa: 民主新澳門; sigla: ANMD) é actualmente o maior movimento ou associação política pró-democrática existente na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) da República Popular da China. Esta associação foi fundada em 1992 por António Ng Kuok Cheong e, desde então, esteve sempre representada na Assembleia Legislativa de Macau, que é o órgão legislativo de Macau.

Na legislatura de 2013-2017, a ANMD está representada na Assembleia Legislativa por António Ng Kuok Cheong e Au Kam San.

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Nas eleições legislativas de 1992, a Associação Novo Macau Democrático (ANMD) conseguiu 3412 votos (12,39%) por sufrágio universal directo e eleger assim 1 deputado à Assembleia Legislativa, António Ng Kuok Cheong. Nas eleições legislativas de 1996, António Ng Kuok Cheong foi re-eleito por 6331 (8,73%) votos, por sufrágio directo. Nas eleições legislativas de 2001, a ANMD conseguiu 16961 votos (20,95%) e eleger 2 deputados por sufrágio directo, António Ng Kuok Cheong e Au Kam San. Nas eleições legislativas de 2005, Ng Kuok Cheong e Au Kam San voltaram a ser re-eleitos por sufrágio directo, pela lista da ANMD, por 23489 votos (18,81%).

Em 2009, este movimento político apresentou pela primeira vez duas listas diferentes para concorrer às eleições legislativas de 2009, por sufrágio directo (lista 4: Associação Próspero Macau Democrático, liderada por Ng Kuok Cheong; e lista 15: Associação Novo Macau Democrático, liderada por Au Kam San). Esta estratégia eleitoral serviu para contornar o método único de conversão dos votos em mandatos utilizado em Macau. Este método, ao contrário do método de Hondt, dificulta qualquer formação política de eleger mais do que 2 deputados por sufrágio directo.[1] Esta estratégia eleitoral revelou-se um sucesso: a ANMD conseguiu eleger três deputados (António Ng Kuok Cheong, Chan Wai Chi e Au Kam San) à Assembleia Legislativa de Macau. As duas listas obtiveram um total de 27.448 votos nestas eleições (18,42%).[2] [3]

Em 2013, a ANMD, querendo repetir o sucesso eleitoral de 2009, apresentou pela primeira vez três listas separadas para concorrer às eleições legislativas de 2013, por sufrágio directo (lista 2: Liberais da Nova Macau, liderada por Jason Chao Teng Hei; lista 5: Associação de Novo Macau Democrático, liderada por Au Kam San; e a lista 19: Associação de Próspero Macau Democrático, liderada por Ng Kuok Cheong). Porém, ao contrário do sucesso verificado nas eleições de 2009, estas três listas conseguiram apenas um total de 23041 votos (15,17%), assegurando somente a re-eleição de António Ng Kuok Cheong e Au Kam San. Jason Chao não conseguiu entrar no parlamento local e Chan Wai Chi perdeu o seu assento de deputado.

Lista de deputados à Assembleia Legislativa[editar | editar código-fonte]

  • António Ng Kuok Cheong (1992-presente)
  • Au Kam San (2001-presente)
  • Paul Chan Wai Chi (2009-2013)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Macau é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.