Associação de molas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.

A associação de molas resulta em uma mola equivalente (com uma constante elástica equivalente). A tabela a seguir compara as associações de molas lineares (que obedecem a lei de Hooke) em série e em paralelo:

Duas molas em série Duas molas em paralelo
SpringsInSeries.svg
SpringsInParallel.svg
\frac{1}{k_{eq}} =  \frac{1}{k_1} + \frac{1}{k_2} \, k_{eq} = k_1 + k_2 \,

Deduções das fórmulas[editar | editar código-fonte]

  • Molas em série (as forças são iguais, mas cada mola tem sua constante elástica):

F_1 = F_2 = F_{eq}

x_{eq} = x_1 + x_2

x_1 = (F_1/k_1) e x_2 = (F_2/k_2)

k_{eq} = (F_{eq} / x_{eq}) = F_{eq} / [(F_{eq}/k_1) + (F_{eq}/k_2)]

(1 / k_{eq}) = [(F_{eq}/k_1) + (F_{eq}/k_2)] / F_{eq}

(1 / k_{eq}) = [(1/k_1) + (1/k_2)]

  • Molas em paralelo (as distâncias são iguais, mas cada mola tem sua constante elástica):

x_1 = x_2 = x_{eq}

F_{eq} = F_1 + F_2

F_1 = k_1 * x_1 e F_2 = k_2 * x_2

k_{eq} = (F_{eq} / x_{eq}) = [(k_1 * x_1) + (k_2 * x_2)] / x_{eq}

k_{eq} = k_1 + k_2

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.