Associazione Calcio Ancona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ancona
Ficheiro:U.S. Ancona 1905.jpg
Nome Unione Sportiva Ancona 1905
Alcunhas Dorici (dórios), Biancorossi (alvirrubros)
Fundação 1905 (109 anos)
Estádio Stadio del Conero
Capacidade 26.000
Localização Ancona,  Itália
Presidente Itália Sergio Schiavoni
Treinador Itália Augusto Gentilini
Patrocinador Italiana Assicurazioni
Material esportivo Legea
Divisão 2012 Série D (grupo F), 7º lugar
Website anconacalcio.it/
Kit left arm.png Kit body mne10H.png Kit right arm.png
Kit shorts dpr10h.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body mne10a.png Kit right arm.png
Kit shorts dpr10a.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

Associazione Calcio Ancona (rebatizado Unione Calcio Ancona 1905) é um clube de futebol italiano da cidade de Ancona. Já disputou a Série A por 2 vezes e por 19 vezes a Série B.

Fundado em 1905 com o nome de Unione Sportiva Anconitana, mudou sua denominação sete vezes: Società Sport Ancona (1927-1929), Società Sportiva Anconitana (1929-1932), Unione Sportiva Anconitana-Bianchi (1932-1945), novamente U.S. Anconitana (1945-1982), Ancona Calcio (1982-2004), Associazione Calcio Ancona (2004-2010) e Unione Sportiva Ancona 1905 entre 2009 e 2012, ano em que encerrou suas atividades.

Na temporada 2003-04, o Ancona, que mandava seus jogos no Stadio del Conero, cuja capacidade é de 26 mil lugares, protagonizou uma das piores campanhas da história da Série A, com apenas treze pontos ganhos (duas vitórias, sete empates e 25 derrotas), marcando 21 gols e sofrendo 70, terminando com saldo de -49 na tabela, embora tivesse no elenco jogadores como Magnus Hedman (então goleiro da Seleção Sueca), Fábio Bilica (zagueiro que disputou as Olimpíadas de 2000 pelo Brasil), Roberto Maltagliati (ex-Torino e Cagliari), Mauro Milanese (ex-Parma e Inter de Milão), Daniel Andersson (também com passagem pela Seleção Sueca), Luis Helguera (irmão de Iván Helguera, que jogou por Zaragoza e Udinese), Dino Baggio (ex-Parma, Juventus, Inter, Lazio e Seleção Italiana, fez parte do elenco vice-campeão mundial em 1994), Eusebio Di Francesco (ex-Roma), Jardel (ídolo de Grêmio e Porto nos anos 90), Milan Rapaić (ex-Seleção Croata), Goran Pandev (principal jogador de futebol macedônio na atualidade) e Dario Hubner (ex-Brescia).

Em 2012-13, o clube disputou a Série D, terminando em sétimo lugar no grupo F e em trigésimo-quarto no geral.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogadores Notáveis[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ItáliaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol italianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.