Assuão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Assuão (أسوان)
Vista de Assuão
Vista de Assuão
Assuão (أسوان) está localizado em: Egito
Assuão (أسوان)
Localização de Assuão
24° 05' 20" N 32° 53' 59" E
País  Egito
Província Assuã
População (2008)
 - Total 275,000
 - Horário de verão +3 (UTC)
Assuão, swn.t em hieroglifos é
s E34
n
t
niwt

Assuão (português europeu) ou Assuã (português brasileiro) (em árabe: أسوان; em grego antigo: Συήνη Syene) é uma cidade do sul do Egipto, distante 950 quilómetros do Cairo. Na direcção de Edfu e muito perto da cidade fica Kabonejen, a primeira urbe. O nome da cidade significa "mercado".

Atrações[editar | editar código-fonte]

  • O Museu de Núbia, que possui 300 peças representando diferentes épocas: pré-histórica, faraónica ptolomaica, copta e islâmica.
  • O Jardim Botânico, com plantas exóticas provenientes de todo o mundo.
  • A Ilha Elefantina, separa o Nilo em dois canais em frente a Assuão, possui para além do mais, ruínas dos templos de Jnum, de Sadet e do seu filho Anukis. O nome atribuído à ilha (Abú-elefante), é de origem árabe, pois as rochas assemelham-se a estes animais pela sua cor e pelas formas que detêm. Nesta ilha situa-se também o Nilómetro, sistema utilizado pelos antigos egípcios para medir a altura das águas do Nilo.
  • O Mausoléu do Aga Khan, um túmulo fatimida sendo cujo sepulcro feito de mármore de Carrara.
  • O Mosteiro de São Simão, construído no século XII, acolheu os monges missionários que converteram alguns dos núbios ao Cristianismo.
  • O Obelisco Inacabado, os templos do Egipto foram, na sua grande maioria, construídos com granito vermelho proveniente das pedreiras de Assuão e é exactamente numa delas que se encontra este enorme Obelisco com cerca de 41 m e que poderá pesar cerca de 1.168 toneladas. Nas proximidades encontra-se o cemitério Fatimita.
  • Os Túmulos dos Nobres, datam do Império Antigo e revelam no seu interior cenas da vida quotidiana.
  • O Templo de Filae, desmontado e de novo erigido em Agilkia. Dedicada à Deusa Isis, contém um "mamisim" (casa de nascimento) e dois pilares. Pode-se assistir neste lugar a um maravilhoso espectáculo de luz e som.
  • A Grande Barragem, construída nos anos 60, fornece água e electricidade a todo o Egipto. o Templo de Kalabsha pode ser avistado da barragem.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Assuão
Assuão.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Egito, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.