Atanagildo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ilustração de Atanagildo na Biblioteca Nacional da Espanha, Madri.

Atanagildo (? - 567) foi rei dos Visigodos de Toledo entre 554 e 567.

Com o auxílio de um exército bizantino enviado da Gália pelo imperador Justiniano, Atanagildo derrotou e matou o seu antecessor, o rei Ágila I, nos arredores de Sevilha, em 554.

Os portos e as fortificações costeiras ocupadas pelo Bizantinos em nome de Atanagildo não lhe foram entregues, no entanto, pelos seus aliados. Atanagildo, apesar de ter conseguido recuperar algumas cidades viu-se obrigado a ceder ao Império Romano do Oriente vastas extensões da Bética, a qual passou a ser governada por Libério, em nome de Justiniano, e manteve-se ligada à autoridade de Constantinopla durante mais de setenta anos.

Ao longo do seu reinado Atanagildo defrontou os Bizantinos, os Francos, os Suevos e os Bascos, mas ainda assim conseguiu reforçar a coesão interna do seu reino, apaziguando os católicos, que tinham até então sido perseguidos pelos reis arianos. Quando Teodomiro, rei dos Suevos, se converteu ao Catolicismo, em 560, Atanagildo e os nobres visigodos tornaram-se os únicos governantes europeus a professar o Arianismo.

A corte de Atanagildo encontrava-se na cidade de Toledo, que este fundara, e era conhecida pelo seu esplendor. Era casado com Goisvinta, com quem tinha duas filhas: Brunhilda e a tragicamente assassinada Galsvinta, as quais se casaram com os reis-irmãos francos Sigeberto da Austrásia e Chilperico, este último rei dos Francos da Nêustria, o qual, tendo repudiado a sua primeira mulher a favor de Galsvinta, mandou estrangulá-la posteriormente.

Atanagildo morreu de causas naturais, um facto que não escapou, por ser raro, à atenção dos cronistas, e sucederam-lhe os seus irmãos Liúva I e Leovigildo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Ágila I
Rei Visigodo de Toledo
551567
Sucedido por
Liúva I


Ícone de esboço Este artigo sobre História da península Ibérica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Atanagildo