Atração turística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A torre Eiffel em Paris, França, uma atração turística popular. A cada ano, cerca de 7 milhões visitam a torre.

Uma atração turística (AO 1945: atracção turística) (também chamado de atrativo turístico ou ponto turístico) é um lugar de interesse que os turistas visitam, geralmente por seu valor cultural inerente ou exibido, importância histórica, beleza natural ou artificial, originalidade, porque é raro, misterioso, ou para recreação e diversão.

A atratividade é um elemento crucial para a motivação dos turistas a viajar, e em geral, a afluência de turistas para um local gera actividade económica conexa, tais como hotelaria, gastronomia, agências de recepção que organizam excursões, comércios locais, entre outros; e desenvolvimento de infra-estrutura para o acesso e fruição da atração turística (estradas, aeroportos, sinalização, etc.)

Exemplos de atracções turísticas[editar | editar código-fonte]

Tipos[editar | editar código-fonte]

As praias tropicais e cultura balinesa são atrações que chamam os turistas para esta popular hotel ilha, como o ritual Melasti realizado na praia.

A beleza natural, como praias, hotéis ilhas tropicais com recifes de corais, caminhadas e camping em parques nacionais, montanhas e bosques são exemplos de atrações turísticas tradicionais para passar as férias de verão. Outros exemplos de atrações culturais incluem sítios históricos, monumentos, templos antigos, jardins zoológicos, aquários, museus e galerias de arte, jardins botânicos, edifícios e estruturas (por exemplo, castelos, bibliotecas, antigas prisões, arranha-céus, pontes), parques temáticos e carnavais, museus de história ao ar livre, comunidades de enclave étnico, comboios históricos e eventos culturais. Visitas a fábricas, património industrial, arte creativo y oficinas de artesanato estão sujeitas a nichos culturais como o turismo industrial e turismo criativo. Além disso, muitas atrações turísticas são pontos de referença.

Atrativos turísticos também são criados para capitalizar sobre lendas ou mitos, como o suposto local perto de Roswell, Novo México da accidente de um UFO e os supostos avistamentos de um monstro na Escócia. Também casas ou locais "assombrados" dão lugar a vistas.

As comunidades étnicas podem se tornar atrações turísticas, tais como bairros chineses nos Estados Unidos eo bairro britânico afrodescendente de Brixton, em Londres.

Nos EUA, os proprietários e vendedores de atrações anunciam atrações turísticas na publicidade ao longo do lado das rodovias, especialmente em áreas remotas cercas. Em geral, as atrações turísticas costumam oferecer folhetos gratuitos promocionais e panfletos nos centros de informação, restaurantes de fast food, hotéis e motéis, ou lobbies, e área de resort.

Embora algumas das atrações turísticas oferecem-lhe aos visitantes uma experiência memorável com uma taxa de admissão razoável ou ainda gratuitamente, outros podem tendem a ser de baixa qualidade e ter superfaturada seus produtos e serviços (como a admissão, alimentos e lembranças), a fim de tirar vantagem de turistas também. Geralmente, estes locais são conhecidos como armadilhas para turistas.

Classificações[editar | editar código-fonte]

As atrações de fantasia são raridades, como a "maior bola de barbante" em Cawker City, Kansas, ou o Palácio de milho em Mitchell, Dakota do Sul, ou em Carhenge Alliance, Nebraska, onde os carros velhos estão no lugar das pedras em uma réplica de Stonehenge. As atrações de fantasia não se limitam ao centro-oeste americano, mas são parte da cultura do Centro-Oeste.[1]

Destino turístico[editar | editar código-fonte]

As lontras do mar como esta perto de Moss Landing, são uma atração turística popular na Baía de Monterey, Califórnia.

Um destino turístico é uma cidade, povo ou outra área que depende fortemente do lucro do turismo, ou "um país, estado, região, cidade ou povo que comercializa ou comercializa-se como um lugar para visitem os turistas".[2] Pode conter uma ou mais atrações turísticas e, possivelmente, algumas "armadilhas para turistas". Por exemplo, Siem Reap é um destino turístico popular no Camboja, principalmente devido a sua proximidade aos templos de Angkor.

Uma ilha hotel tropical é uma ilha ou arquipélago que também depende do turismo como fonte de renda. As Bahamas no arquipélago do Caribe, Bali, na Indonésia, Phuket, na Tailândia, Hawaii, Palawan, nas Filipinas e Fiji, no Pacífico, e Ibiza no Mediterrâneo são exemplos de ilhas resorts populares.

Referências

  1. "A Golden Gate Fantasy on the Kansas Prairie" artigo de A.G. Suleberger em The New York Times 15 de setiembro de 2010, Página visitada em 16 de setiembro de 2010
  2. Beirman, David. Restoring Tourism Destinations in Crisis: A Strategic Marketing Approach. [S.l.: s.n.], 2003.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Atração turística