Atração turística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Uma atração turística (AO 1945: atracção turística) (também chamado de atrativo turístico ou ponto turístico) é um lugar de interesse que os turistas visitam, geralmente por seu valor cultural inerente ou exibido, importância histórica, beleza natural ou artificial, originalidade, porque é raro, misterioso, ou para recreação e diversão.

A atratividade é um elemento crucial para a motivação dos turistas a viajar, e em geral, a afluência de turistas para um local gera actividade económica conexa, tais como hotelaria, gastronomia, agências de recepção que organizam excursões, comércios locais, entre outros; e desenvolvimento de infra-estrutura para o acesso e fruição da atração turística (estradas, aeroportos, sinalização, etc.)

Exemplos de atracções turísticas[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

Embora muitas das atracções turísticas tivessem origem no valor histórico, cultural ou natural em si, há casos em que a origem é dada por um fenômeno inexplicável como sendo o local perto de Roswell (Novo México, E.U.A.) que se tornou uma atração turística após da queda dum suposto OVNI na área, ou o Lago Ness, na Escócia, a partir do avistamento de um suposto monstro no curso de água. Também casas ou locais "embruxados" dão lugar a visitas.

Classificações[editar | editar código-fonte]

As atrações turísticas classificam-se em:

Ver também[editar | editar código-fonte]