Auger de Balben

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Auger de Balben (... - 1162 ) foi o terceiro Grão-Mestre da Ordem dos Cavaleiros de São João de Jerusalém[1] também conhecida por Ordem do Hospital, Ordem de S. João de Rodes, etc.) de 1160 a 1162.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Modéstia, desinteresse, e até mesmo humildade, que prevaleceu no primeiro século da Ordem, impediu o surgimento de concorrentes nas eleições. Auger Balben foi escolhido por aclamação e com o voto unânime de todos. Ele era um cavalheiro de Delfinado[2] , um antigo camarada de armas de Raymond du Puy, a quem sucedeu, na Ordem venerado por sua piedade e prudência, mas cujas opiniões não tinham grande peso no conselho do rei de Jerusalém.

Chegando na Terra Santa a partir da nativa França, ganhou o controle do Reino da Palestina do Papa Alexandre III ao Antipapa Vittore IV.

Ele morreu ao lado do rei Balduíno III de Jerusalém, em 1162. Como Grão-Mestre da Hospitalar teve o mérito de estabelecer novas sede da Ordem na Espanha.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. B. Galimard Flavigny (2006) p. 317-319
  2. Eugène Harot, Essai d'armorial des Grands-Maîtres de l'Ordre de Saint Jean de Jérusalem, Rome, Collegio Araldico, 1911 (disponivel na Wikisource)
  • (em francês) Bertrand Galimard Flavigny (2006) Histoire de l'ordre de Malte, Perrin, Paris
  • (em italiano) G. Manara Storia dell' Ordine di Malta ne' suoi gran maestri e cavalieri, 1846
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Auger de Balben