Augusto Rodrigues Duarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Augusto Rodrigues Duarte (Nespereira, 28 de junho de 1848Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1888) foi um pintor português radicado no Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

As exéquias de Atalá, 1878.

Chegou ao Brasil ainda jovem. Em 1866 matriculou-se na Academia Imperial de Belas Artes, sendo aluno de Vítor Meirelles. Entre 1874 e 1879 esteve na França para aperfeiçoar-se com Léon Gerôme, na Escola Superior de Belas Artes.

Em 1878 apresentou na Exposição Universal sua obra mais famosa, Exéquias de Atalá, que hoje pertence ao acervo do Museu Nacional de Belas Artes. Em 1879 conquistou a medalha de ouro na exposição geral da Academia, e em 1884 recebeu a medalha de cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Augusto Rodrigues Duarte

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • LEITE, José Roberto Teixeira. Os Artistas Estrangeiros, in Civita, Victor (editor). Arte no Brasil. São Paulo: Abril Cultural/Secretaria de Cultura, Ciência e Tecnologia do estado de São Paulo/Fundação Padre Anchieta, São Paulo, sem data. p.515.
  • _______________, Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro, Artlivre, 1988.
  • BRAGA, Teodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo., São Paulo Edit., 1942.
  • FREIRE, Laudelino. Um século de pintura - 1816/1916. Rio de Janeiro, Tip. Röhe, 1916.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.