Augusto de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Augusto de Württemberg
Príncipe de Württemberg
Cônjuge Marie Bethge
Descendência
Helene von Wardenberg
Pai Paulo de Württemberg
Mãe Carlota de Saxe-Hildburghausen
Nascimento 24 de Janeiro de 1813
Estugarda, Alemanha
Morte 12 de janeiro de 1885 (71 anos)
Ban de Teuffer, Alemanha

Augusto de Württemberg (Frederico Augusto Everardo), (24 de janeiro de 1813 - 12 de janeiro de 1885), foi um coronel-general da cavalaria real prussiana com a posição de Generalfeldmarschall e Kommandierender General das corporações de guardas durante mais de vinte anos. Augusto pertencia à Casa de Württemberg e era príncipe desse país desde o nascimento.

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

Depois de prestar dezasseis anos de serviço militar no reino de Württemberg, em 1831, Augusto foi promovido a Rittmeister no Primeiro Regimento da Cavalaria. Em abril de 1831, Augusto recebeu permissão do seu tio, o rei Guilherme I de Württemberg para prestar serviço no exército prussiano.

No exército prussiano, Augusto recebeu inicialmente o Regimento Gardes du Corps e, um ano depois, foi promovido a major. Em 1836, Augusto foi mais uma vez promovido, desta vez a tenente-coronel e, em 1838, a coronel. Augusto prestou serviço como comandante durante quatro anos nos Guardas Cruzeiros. Em 1844, como major-general, Augusto assumiu a liderança da 1.ª Brigada dos Guardas de Cavalaria e logo em 1850 foi promovido a tenente-general. Com uma breve interrupção de dois anos entre 1854 e 1865, Augusto comandou a 7.ª Divisão de Magdeburg, mas permaneceu leal à cavalaria. Em Setembro de 1857, Augusto prestou serviço como general-comandante dos III Corpos, mas mudou logo a 3 de Junho de 1858 para o comando geral da Corporação de Guardas. Ficou neste posição durante vinte anos.

Durante a Guerra Austro-Prussiana de 1866, Augusto pertencia ao exército do príncipe-herdeiro Frederico da Prússia e comandou como general da cavalaria a Corporação de Guardas nas batalhas vitoriosas de Soor e Burkersdorf. Na Batalha de Königgrätz a 3 de julho de 1866 as suas unidades ocuparam Chlum. Contudo, uma parte significativa das vitórias do exército aconteceram graças ao chefe de gabinete de Augusto, o tenente-coronel von Dannenberg. Após a campanha, o rei Guilherme I da Prússia recompensou Augusto com a Ordem Pour le Mérite, e nomeou-o chefe dos Regimentos Posenschen Ulanen número 10 em Züllichau que passou a ter o seu nome até à sua dissolução em 1919. Durante a Guerra Franco-Prussiana, a Corporação de Guardas participou na Batalha de Gravelotte a 18 de agosto de 1870. O ataque nas planícies foi feito à pressa e sem o apoio de fogo de artelharia. Nem mesmo o consequente envolvimento do inimigo pelas tropas do exército real saxão não puderam então ser explorado. A Corporação de Guardas, liderada por Augusto, foi entregue ao príncipe-herdeiro Alberto da Saxónia e até participaram na Batalha de Sedan e em parte do Cerco de Paris. Mesmo nesta campanha, o chefe de gabinete Ferdinand von Dannenberg foi nomeado general.

Depois de a guerra acabar, Augusto foi recebido pelo rei prussiano e recebeu as Folhas de Carvalho da ordem Pour le Mérite, e ambas as classes da Cruz de Ferro. A 2 de setembro de 1873, foi nomeado coronel-general da cavalaria com a posição de marechal-de-campo. Augusto foi transferido para o Oberkommando der Marken para substituir o marechal-de-campo Friedrich Graf von Wrangel em Junho de 1878 e permaneceu nessa posição mais quatro anos. A 24 de agosto de 1882, o príncipe pediu a reforma do exército que lhe foi concedida, bem como a Ordem da Águia Negra.

Morte e legado[editar | editar código-fonte]

Augusto morreu a 12 de janeiro de 1885 durante uma viagem de caça a Zehdenick, perto de Berlim. O seu funeral realizou-se quatro dias depois no Garnisonkirche em Berlim. O seu corpo foi depois levado para o Palácio de Ludwigsburg onde foi enterrado na capela. O forte August von Württemberg, uma das fortificações interiores da cidade de Metz, foi baptizada em sua honra.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Augusto casou-se morganaticamente com Marie Bethge a 14 de novembro de 1868. O casal teve uma filha:

  • Catharina Wilhelmine Helene Charlotte Auguste Hedwig von Wardenberg (18 de abril de 1865 - 25 de setembro de 1938), casada com Dedo von Schenck; com descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Augusto de Württemberg em três gerações
Augusto de Württemberg Pai:
Paulo de Württemberg
Avô paterno:
Frederico I de Württemberg
Bisavô paterno:
Frederico Eugénio II, Duque de Württemberg
Bisavó paterna:
Sofia Doroteia de Brandemburgo-Schwedt
Avó paterna:
Augusta de Brunswick-Wolfenbüttel
Bisavô paterno:
Carlos Guilherme Fernando de Brunswick-Wolfenbüttel
Bisavó paterna:
Augusta Carlota de Gales
Mãe:
Carlota de Saxe-Hildburghausen
Avô materno:
Frederico de Saxe-Altemburgo
Bisavô materno:
Ernesto Frederico III, Duque de Saxe-Hildburghausen
Bisavó materna:
Ernestina Augusta de Saxe-Weimar
Avó materna:
Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavô materno:
Carlos II de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavó materna:
Frederica de Hesse-Darmstadt

Referências

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Augusto de Württemberg