Aul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Gunib, aul natal de Shamil no Daguestão, fotografado por Prokudin-Gorsky entre 1905 e 1915.

Um aul (do turcomano awıl) é um tipo de vila fortificada encontrada nas regiões montanhosas do Cáucaso, especialmente no Daguestão. Os auls da Svanétia, na Geórgia, com suas características torres medievais, foram reconhecidas como Patrimônio Mundial da Humanidade. Torres semelhantes podem ser encontradas ao redor do Cáucaso, e especialmente na Inguchétia.

Os auls geralmente são construídos em pedra, sobre tergos ou encostados a penhascos, de maneira a se proteger de ataques surpresa. As casas normalmente tinham dois andares, e eram "amontoadas" de maneira a tornar virtualmente impossível aos inimigos chegar a qualquer lugar por suas ruas. As casas normalmente eram voltadas para o sul, de maneira a se aproveitar do Sol no inverno e se proteger dos ventos nortenhos. Frequentemente se situavam perto de terras cultiváveis e fontes de água.

No século XIX, à medida que o Império Russo lutou para conquistar o Cáucaso, os auls constituíram defesas formidáveis, e em sua grande maioria só puderam ser conquistados depois de longos cercos.

Ícone de esboço Este artigo sobre Monumento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.