Aurès

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aurès
Awras
Vista da aldeia de Ghoufi, nos Aurès
Localização
Coordenadas 35° 20' N 6° 41' E
Continente África
Região Magrebe
Países  Argélia
 Tunísia
Cordilheira Atlas
Características
Altitude máxima 2 328 m
Cumes mais altos Djebel Chélia
Localização da região de Aurès na Argélia e Tunísia
Localização da região de Aurès na Argélia e Tunísia
Mapa das regiões da cordilheira do Atlas

Aurès (em berbere: Awras; em latim: Aurasium; em árabe: جبال الأوراس) é uma região sociolinguística no leste da Argélia, e o nome de uma extensão do maciço do Atlas no leste da Argélia e noroeste da Tunísia. Não atinge tanta altitude como o Atlas marroquino, mas é mais imponente que o Tell costeiro. O cume mais elevado é o Djebel Chélia, com 2 328 m de altitude.

Historicamente, o Aurés serviu de refúgio às tribos berberes, formando uma base de resistência contra o antigo Império Romano, os Vândalos, os Bizantinos, os Árabes e os Franceses.

A região é uma das áreas menos desenvolvidas do Magrebe. As tribos Shawia praticam a transumância e a agricultura em socalcos nas montanhas onde cresce o sorgo e alguns vegetais, mas têm que trasladar o gado para áreas mais temperadas onde vivem em tendas e abrigos para passar o inverno com o gado[1] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aurès