Aurangzeb

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Abu Muzaffar Muhiuddin Muhammad Aurangzeb Alamgir

Abu Muzaffar Muhiuddin Muhammad Aurangzeb Alamgir (3 de Novembro de 16183 de Março de 1707), também referenciado por Alamgir I, foi um imperador mogol cujo reinado durou de 1685 a 1705.

Aurangzeb era considerado inteligente, eficiente e impiedoso, além de ser um devotado muçulmano. Começou o seu reinado prendendo o velho e doente pai, o Jahan, e matando os irmãos, seus rivais para o trono. Uma série de conquistas permitiu-lhe estender o Império Mogol cobrindo quase toda a Índia e Paquistão actuais, e parte do Afeganistão. No entanto nunca submeteu inteiramente os maratas do Decão, a parte peninsular da Índia e, já perto de sua morte, sua autoridade era amplamente desafiada.

O fanatismo religioso de Aurangzeb levou-o a perseguir a população hindu, em vez de continuar uma política de conciliação, tal como fizera o seu avô Akbar. Foi talvez isso, mais do que qualquer outro motivo, que apressou a fragmentação do império logo após a sua morte, aos oitenta e oito anos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Shah Jahan
Imperador Mogol
1685 — 1705
Sucedido por
Bahadur I
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.