Austin St. John

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Austin Saint-John)
Ir para: navegação, pesquisa
Austin St. John
St. John no Power Morphicon em junho de 2007
Nome completo Jason Geiger
Outros nomes Austin St. John
Nascimento 17 de Setembro de 1974 (40 anos)
Roswell, Novo México
 Estados Unidos
Ocupação paramédico / professor de artes marciais
Atividade Ator (1993-2002)
Paramédico (2003 - atualmente)
IMDb: (inglês)

Austin St. John, nome artístico de Jason Geiger (Roswell, 17 de setembro de 1974) é um paramédico e ex-ator norte americano, conhecido por seu trabalho no popular seriado infantil de televisão Mighty Morphin' Power Rangers, no papel de Jason Lee Scott, o Ranger vermelho original, primeiro líder dos Power Rangers.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Luta artes marciais desde os 5 anos, e fala quatro línguas: inglês, espanhol, italiano e coreano. Além de poliglota, Austin é descendente de irlandeses, alemães, italianos, japoneses, espanhóis e de nativos americanos.[2]

Quando era pequeno, Austin passou boa parte de sua infância mudando de cidade para cidade com seu pai Steve, que é marinheiro. Seu sonho era ser um jogador de beisebol profissional pelo Boston Red Sox. Além do beisebol, seus esportes favoritos são futebol americano, futebol e trekking.

O nome Austin St. John foi uma sugestão dos produtores de Power Rangers no início da carreira do ator, na fase de escolha do elenco para a série. Os produtores consideravam Jason Geiger um nome muito comum para um artista. O nome Austin foi escolhido pelos produtores e St. John foi escolha pessoal do ator, que ironicamente ganhou o personagem Jason Lee Scott, ficando mundialmente conhecido pelo seu personagem em Power Rangers.

Power Rangers[editar | editar código-fonte]

Com apenas 17 anos, Austin St. John participou de um teste para uma nova série americana adaptada dos tokusatsus japoneses. Austin St. John conseguiu o papel de Jason, ranger Vermelho, o primeiro líder dos Power Rangers, graças às suas habilidades em artes marciais. Foi a primeira experiência de St. John na TV, que era o ator mais jovem da série naquela época. Power Rangers se tornou um grande sucesso e Austin, juntamente com os demais atores do seriado, ganharam projeção mundial.

No meio da segunda temporada de Mighty Morphin' Power Rangers, Austin e seus amigos Walter Jones e Thuy Trang deixaram a série por disputas salariais. Os atores deixaram a série de repente, sendo que o último episódio realmente feito pelos três foi o de número 19 da segunda temporada, "Two for one". A entrada dos atores substitutos não foi imediata, pois a Saban ainda tentava uma negociação com St. John e seus colegas para a permanência na série. Por isso, os roteiristas da série usavam dublês (de voz e imagem), além de cenas de episódios anteriores nos quase dez capítulos que antecederam a entrada definitiva dos atores substitutos. Como não houve negociação, Austin, Thuy e Jones deixaram de vez o seriado, sendo substituídos respectivamente pelos novatos Steve Cardenas, Karan Ashley e Johnny Yong Bosch. Austin St. John retornou mais tarde na quarta temporada da série Power Rangers: Zeo, como o Ranger Dourado. Foi criado grande suspense de quem seria sexto ranger, sendo cogitados nomes como Brad Hawkins, o ex-VR Trooper e David Yost, que ainda estava na série, mas havia perdido o status de ranger.

Como Power Rangers tinha perdido duas personagens importantes na temporada anterior, Kimberly (Amy Jo Johnson) e Aisha (Karan Ashley), a volta de Austin St. John trouxe fôlego novamente à série, pois ele ainda era muito popular, além dos fãs não terem entendido a sua saída repentina da segunda temporada. O retorno de St. John a Power Rangers criou uma nova expectativa para os fãs, que esperavam que sua participação no seriado permanecesse ainda na temporada "Turbo", o que não ocorreu, apesar de Austin ter participado segundo filme da franquia Power Rangers, "Turbo: A Power Rangers Movie", juntamente com Amy Jo Johnson, sua colega na primeira temporada da série.

Depois de participar de Power Rangers, Austin raramente conseguiu um trabalho fixo na televisão ou no cinema. Por cerca de dez anos, a vida dele como ator se limitou a fazer aparições em episódios especiais da série.

Em 1999, Austin St. John e seu colega de elenco Walter Jones participaram do "Episódio Piloto", um episódio especial de como começou Power Rangers.

Em 2002, no episódio especial de Power Rangers Wild force "Forever Red", Austin apareceu com uns quilos a mais, refletindo em falta de agilidade nas cenas de luta. O excesso de peso de St. John pode ter influído na escolha de Jason David Frank para o papel de mentor dos Rangers dois anos depois, em Power Rangers Dino Thunder. Na época, Austin St. John também era cotado para ser o black Ranger.

Em 2004, o canal de TV a cabo americano ABC Family realizou uma votação e o personagem de St. John, Jason, foi eleito o melhor ranger de todos os tempos. Mais tarde, em 2007, o canal de desenhos da Disney, Toon Disney, realizou outra votação e Jason foi considerado o ranger vermelho mais popular de todas as temporadas.

Em 2006, sites e fãs-clubes do ator especulavam sua possível volta em Power Rangers Mystic Force, o que não ocorreu. Segundo sites sobre a série, Austin St. John não tem mais contato com a produção de Power Rangers e abandonou de vez sua carreira de ator.

Sua última aparição referente a Power Rangers foi em Power Morphicon em 2007, convenção em celebração aos 15 anos da série, onde Austin foi o orador oficial. Na ocasião, Austin aproveitou para desmentir sua suposta atuação em filmes adultos, ressaltando ainda que estava processando os responsáveis pelo boato.

Austin atualmente mantém sua vida pessoal longe da mídia. Em 2007, no evento "Power Morphicon" o ex-ator disse que trabalhava como paramédico. Depois desse evento, St. John continua levando sua vida reservada, criando especulações e curiosidades de como ele está hoje. Tudo leva a crer que Austin St. John ainda salva vidas em Sterling, Virginia, subúrbio de Washington D.C. como paramédico, além de ser instrutor de artes marciais em academias dos Estados Unidos.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. biografia (em inglês).
  2. Sítio não oficial, acesso em 16 de maio de 2011

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.