Autoconfiança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem, de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa.[1]

O termo, que é típico da literatura terapêutica e de autoajuda, é muitas vezes usado como sinônimo de autoestima e de autoaceitação. Uma análise mais detalhada de seu uso mostra, no entanto, que autoconfiança refere-se sempre à competência pessoal, enquanto autoestima é um termo mais amplo. Também "autoaceitação" possui um uso próprio mais restrito e está mais relecionado com o conceito de "aceitação incondicional" da abordagem centrada na pessoa.[1]

Na abordagem psicoterapêutica de Friederike Potreck-Rose e Gitta Jacob (2006) para o aumento da autoestima, a autoconfiança representa um dos quatro pilares desta, sendo definida como "uma postura positiva com relação às próprias capacidades e desempenho"[1] e inclui as convicções de saber fazer alguma coisa, de fazê-lo bem, de conseguir alcançar alguma coisa, de suportar as dificuldades e de poder prescindir de algo.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: autoconfiança

Referências

  1. a b c d POTRECK-ROSE, Friederike; JACOB, Gitta. Selbstzuwendung, Selbstvertrauen, Selbstakzeptanz: Psychoterapeutische Interventionen zum Aufbau von Selbstwertgefühl (em alemão). Estugarda: Clett-Kota, 2006. ISBN 3-608-89016-5
Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.