Autofelação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A autofelação é a prática de sexo oral por um homem em si mesmo.

A pratica da autofelação, requer grande flexibilidade, um pênis de proporções acima da média também pode ajudar na prática. Nenhuma orientação sexual em especial está relacionada, podendo ser vista como uma forma alternativa de masturbação.

Riscos e precauções[editar | editar código-fonte]

A maioria dos homens não tem capacidades físicas para realizar a autofelação. Sendo uma atividade que depende de grande flexibilidade, é possível que pessoas despreparadas sofram lesões musculares, de tendões e de ligamentos das costas.

Dados[editar | editar código-fonte]

Autofelação.

Segundo Kinsey, três em cada mil homens seriam capazes de realizar a performance de auto felação.

Ainda de acordo com Kinsey, 3 em cada 10.000 homens seriam capazes de praticar a autopenetração, inserindo o pénis no próprio ânus.[carece de fontes?]

Algumas pessoas afirmam que existem referências à auto felação no antigo Egipto. Arqueólogos encontraram hieróglifos e antigas pinturas retratando homens sugando seus próprios pénis[carece de fontes?]. O académico americano David Lorton menciona que encontrou muitos textos religiosos da mitologia egípcia onde a prática da auto felação é mencionada e considerada sagrada. Segundo referência encontrada nesses escritos, , o deus do Sol, teria criado o deus Shu e a deusa Tefnut (irmã gémea de Shu) ao ter soltado o próprio sémen no solo depois de ter praticado a autofelação. Rituais de autofelação eram aparentemente realizados em honra ao nascimento de Shu e Tefnut.

Enquanto a autofelação era considerada parte normal da vida egípcia, há mais de quatro mil anos, a informação na actualidade tem sido amplamente reprimida devido ao seu carácter desviante e ousado. Muitas das pinturas em que retratavam o ato da auto felação foram deliberadamente destruídas e adjectivadas como demoníacas graças à repressão vitoriana.[carece de fontes?]

Autofelação na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Os filmes Shortbus e Todo Mundo em Pânico 2 têm uma sequência de autofelação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Autofelação