Avaliação preguiçosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Avaliação preguiçosa (também conhecida por avaliação atrasada) é uma técnica usada em programação para atrasar a computação até um ponto em que o resultado da computação é considerado suficiente, o necessário.[1]

Os benefícios da avaliação preguiçosa incluem o aumento do desempenho ao evitar cálculos desnecessários, evitando condições de erro na avaliação de expressões compostas, a habilidade em construir estruturas de dados infinitas e a habilidade de definir estruturas do controle como funções regulares melhor que usando primitivas internas. No oposto de avaliação atrasada está avaliação ansiosa, também conhecido como avaliação rigorosa.

Referências

  1. Programming Language Design Concepts - David Anthony Watt, William Findlay - Google Livros books.google.com.br. Página visitada em 22 de maio de 2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]