Azam Amir Kasav

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Azam Amir Kasav (também grafado Ajmal Amir Kasab[1] ) é um terrorista envolvido nos atentados de novembro de 2008 ocorridos em Bombaim, Índia.[2] [3] Foi capturado nas câmeras de circuito interno durante seus ataques à estação ferroviária de Chhatrapati Shivaji Terminus, juntamente com outro terrorista. De acordo com as investigações preliminares das agências de inteligência indianas, Azam seria de Faridkot, no Paquistão,[2] e teria sido recebido treinamento em armas no seu país natal.[3] Azam teria dito à polícia que a intenção dos terroristas era de imitar o ataque feito ao hotel JW Marriot de Islamabad, e reduzir o Hotel Taj Mahal a ruínas, recriando os ataques de 11 de setembro na Índia.[2]

Azam e seus companheiros atacaram a estação ferroviária antes de se dirigir a Girgaum Chowpatty num Skoda roubado. Foram então interceptados por um destacamento da delegacia de polícia de Gamdevi. Seu parceiro foi morto e Azam foi atingido em uma das mãos; inicialmente se fingiu de morto e foi levado ao hospital Nair, onde um policial percebeu sua respiração. Embora tenha mantido o silêncio inicialmente, posteriormente Azam confessou em frente de oficiais do esquadrão anti-terrorismo local.[3]

Referências

Ligações externas (em inglês)[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.