Azealia Banks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Azealia Banks
Azealia Banks ao vivo no NME Awards em 2012
Informação geral
Nome completo Azealia Amanda Banks
Também conhecido(a) como Miss Bank$
Nascimento 31 de maio de 1991 (23 anos)
Local de nascimento Harlem, Nova Iorque
 Estados Unidos
Gênero(s) Hip-hop, house, electronic
Ocupação(ões) Rapper, cantora, letrista, Atriz
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2008-presente
Gravadora(s) XL (2009)
Interscope (EUA) (2012-2014)
Polydor (UK) (2012-2014)
Azealia Banks Records(EUA) (2014)
Afiliação(ões) Major Lazer, Scissor Sisters, Lana Del Rey, MIA, Diplo
Influência(s) Crystal Walters, Foxy Brown, Aaliyah, Santigold, MIA,Madonna Lil' Kim.
Influenciado(s) Iggy Azalea, Angel Haze
Página oficial azealiabanks.com

Azealia Amanda Banks (Harlem, Nova Iorque, 31 de maio de 1991) é uma rapper, cantora. Aumentou sua notoriedade em 2011 quando ela liderou a "Cool List" da revista NME neste ano. Em 5 de dezembro de 2011, a BBC anunciou que Banks tinham sido nomeada para o Sound of 2012, onde ela ficou em terceiro lugar.[1] Seu primeiro single, "212", com Lazy Jay, foi lançado em 6 de dezembro de 2011, debutando em alguns países europeus.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Amanda Azealia Banks nasceu em 31 de maio de 1991. Sua mãe levou ela e duas irmãs mais velhas para morar em Harlem(Nova York), depois que seu pai morreu de câncer no pâncreas, quando ela tinha dois anos de idade. Depois morte de seu pai, Banks diz que a mãe dela "se tornou realmente abusiva -. Fisicamente e verbalmente "Quando ela ia bater em mim e em minhas irmãs ela usava bastões de beisebol,batia a nossa cabeça contra as parede, e ela sempre me dizia que eu era feia. Lembro-me de uma vez que ela jogou fora toda a comida na geladeira, só assim nós não teríamos nada para comer ". Devido à escalada de violência, Banks saiu da casa de sua mãe aos 14 anos para morar com sua irmã mais velha.

Banks ainda jovem se interessou em teatro musical, atuando e cantando. Ela teve papéis principais em três produções (Sense Coelho, Sleepover e Heroes), além de atuar como Banks foi treinado nas artes do espectáculo na High School of Performing Arts, em Manhattan LaGuardia. Na idade de dezesseis anos, Banks estrelou uma produção da cidade musical comédia-noir dos Anjos, onde ela foi encontrada por um agente e enviado em audições para TBS, Nickelodeon, e Law & Order, tudo sem sucesso. Foi neste momento que os bancos decidiram acabar com sua busca de uma carreira de ator, citando a grande quantidade de concorrência e sensação geral de insatisfação como razões para sua aposentadoria. Devido a isso, Banks comecou a escrever rap e canções de R & B como um criativo tomada. Ela nunca terminou o ensino médio, em vez de escolher para seguir seu sonho de se tornar um artista.

Sob o apelido de Miss Bank$,ela lançou seu álbum de estréia "Gimme a Chance" na internet em 9 de novembro de 2008.A gravação foi acompanhada por "Seventeen", uma faixa que ela produzido, o que ela enviou para a DJ Diplo.

Mais tarde, naquele ano, os Banks assinaram um acordo de desenvolvimento com a gravadora XL Recordings e começou a trabalhar com o produtor Richard Russell, em Londres;

Deixando o mais tarde naquele ano devido a idéias conflitantes.

Banks é abertamente bissexual.[2] [3] Durante os poucos casos em que ela falou sobre sua sexualidade, Banks manifestou a sua insatisfação com a rotulagem da sociedade dos outros com base na orientação sexual. Em entrevista ao The New York Times, Banks declarou: "Eu não estou tentando ser, assim, o bissexual, rapper lésbica. Eu não vivo em termos de outras pessoas."[4]

Vida artística[editar | editar código-fonte]

Banks afirmou que admira as cantoras Aaliyah e Beyoncé, dizendo que a última "[é] a rainha de tudo. Ela é a artista e performer mais notável. E esta é apenas a minha humilde opinião, mas eu acho que ela é melhor do que todos os outros a fazer música agora".[2] No que diz respeito ao seu próprio estilo musical, Banks tem sido frequentemente observada para o uso de palavrões em muitas de suas canções[5] [6] [7] , bem como sua freqüência rap fast-paced (ou "fluxo").[7]

Desde que escreveu "212", Banks adotou um alter-ego chamado "Yung Rapunxel". Este alter-ego foi adaptado de Banks referindo a si mesma como Rapunzel, devido a uma longa trança que usava enquanto trabalhava na Starbucks durante a adolescência. Banks discutiu este assunto com a Rolling Stone, dizendo: "Yung Rapunxel é aquela garota que irrita as pessoas por fora, mas realmente não quer. Ela é realmente um amor, mas as pessoas estão tão surpresas que ela é tão sozinha. Ela não está mesmo tentando ser original ou diferente, ela literalmente vive apenas na cabeça dela. Ela faz o que ela quer fazer. O batom está aqui para alguém que é feliz por ser ela mesma, Azealia Banks saiu da gravadora, e lançou seu novo single "Heavy Metal And Reflective". Azealia revelou pela sua conta oficial do twitter que pretende lançar seu álbum no começo de janeiro de 2015, e pretende fazer uma turnê. [2] .

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Em 5 de janeiro de 2013, Banks se envolveu em uma briga no Twitter com Perez Hilton, devido a um tweet seu, onde escrevia: "Que bicha bagunçada você é." O tweet - entre outros tweets para Hilton em um tom semelhante - foi recebido com reação imediata após Banks escrever: "A bicha não é um homossexual. A bicha é qualquer homem que age como uma mulher. Há uma grande diferença." Banks se desculpou em seguida com os que foram ofendidos, excluindo Hilton.[8] Os comentários de Banks provocou um comunicado da Aliança Gay & Lésbica Contra a Difamação (GLAAD) que dizia: "Independentemente de sua intenção ou sua definição pessoal, o que importa é o sentido dado a essa palavra por aqueles que a ouvem, e os danos que ela causa quando eles fazem."[9] Banks condenou a declaração de GLAAD e disse que a organização estava "fodendo por completa besteira." Ela comparou a reação do público ao uso da palavra "nigger" em música hip-hop contra o uso de "bicha" e disse: "Por que todas essas outras coisas como assassinato e sexo e violência e todas essas outras coisas aceitas, mas logo como eu chamar um gay homem branco um viado, seus sentimentos são mais importantes."[10] Banks observou sua própria bissexualidade, dizendo: "Eu sabia o que eu quis dizer quando eu usei essa palavra".[9]

Além de Perez Hilton, Azealia Banks também já se envolveu em brigas com outras celebridades, assim como T.I., Lady Gaga,The Stone Roses, Baauer, Iggy Azalea, Kreayshawn, ASAP Rocky, Rita Ora, Shystie, Sam Sparro, o rapper Jim Jones, Lil' Kim, Nicki Minaj, Disclosure, Marina and the Diamonds, Funkmaster Flex, Lily Allen, antigos empresários como Troy Carter e Dave Holmes, e a jornalista Amanda Brunker.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do álbum
Broke with Expensive Taste

Extended plays[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do álbum Melhores posições Vendas Certificações
US
[11]
US
R&B

[12]
US
Rap

[13]
AUS
Urban
IRE UK
[14]
1991 133 17 12 18 81 79

Mixtapes[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do álbum
Fantasea
  • Lançado: 11 de julho de 2012[18]
  • Gravadora: Independente[18]
  • Formato: Download digital[18] , CD[19]

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Título Ano Melhor posição nas tabelas musicais Álbum
AUS
[20]
BEL (Vl)
[21]
BEL (Wa)
[22]
IRE
[23]
NL
[24]
SCO
[25]
UK
[14]
"212"
(com a parceria de Lazy Jay)
2011 68 17 34 7 17 12 12 1991
"Liquorice" 2012
"Yung Rapunxel"[26] 2013
"Heavy Metal And Reflective" 2014
Broke with Expensive Taste
"—" denota um título que não tenha entrado na tabela musical do respectivo país.

Como artista convidada[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Shady Love"
(Scissor Sisters vs. Krystal Pepsy com a parceria de Azealia Banks)
2012 Magic Hour

Outras aparências[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Can't Stop Now" (Kicks Like a Mule Remix)
(Major Lazer com a parceria de Azealia Banks)
2010 Lazers Never Die
"Blue Jeans" (Smims & Belle Remix)
(Lana Del Rey com a parceria de Azealia Banks)
2012 Blue Jeans (US Remixes)
"Bad Girls" (Danja N.A.R.S. Remix)
(M.I.A. com a parceria de Azealia Banks & Missy Elliott)
Bad Girls (Remixes)
"Control It"
(Shystie com a parceria de Azealia Banks)
Gold Dust: Vol. 2

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Canção Ano Diretor
"L8R" 2010 BBGUN
"212" 2011 Vincent Tsang
"Van Vogue" 2012 Rankin
"Liquorice"
"1991" Justin Mitchell
"Luxury" Clarence Fuller
"Fierce" Luke Monaghan
"Atlantis" Fafi
"Harlem Shake (Remix)" 2013 Rony Alwin[27]
"No Problems"
"Yung Rapunxel" Jam Sutton
"ATM Jam" Rony Alwin

Referências

  1. BBC Sound of 2012 - Artist Profile > Azealia Banks BBC (4 de janeiro de 2012). Página visitada em 12 de junho de 2012.
  2. a b c Q&A: Azealia Banks on Why the C-Word Is 'Feminine' Rolling Stone. Página visitada em 5 November 2012.
  3. Hackney Weekend: Azealia Banks hits out at haters Metro. Página visitada em 5 November 2012.
  4. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas nytimes1
  5. "Hothouse Flower", nytimes. Página visitada em 6 November 2012.
  6. Samantha Cameron loves rapper Azealia Banks: has she heard the lyrics? The Guardian. Página visitada em 6 November 2012.
  7. a b Azealia Banks; Sharon Van Etten - review - The Observer The Guardian. Página visitada em 6 November 2012.
  8. Azealia Banks & Perez Hilton: Twitter Feud With Angel Haze Goes Too Far The Huffington Post (January 5, 2013). Página visitada em February 21, 2013.
  9. a b Sacks, Ethan (January 7, 2013). Azealia Banks' homophobic slur aimed at Perez Hilton draws GLAAD condemnation New York Daily News. Página visitada em February 21, 2013.
  10. Weiss, Sam (February 19, 2013). Quote of the Day: Azealia Banks Swears That the Media Won't Tear Her Down Complex. Página visitada em February 21, 2013.
  11. [http://www.billboard.com/artist/280396 /Predefinição:BillboardEncode/A /chart?f=305 Azealia Banks - Chart history - Billboard 200] Prometheus Global Media. Billboard.
  12. [http://www.billboard.com/artist/280396 /Predefinição:BillboardEncode/A /chart?f=333 Azealia Banks - Chart history - R&B/Hip-Hop Albums] Prometheus Global Media. Billboard.
  13. [http://www.billboard.com/artist/280396 /Predefinição:BillboardEncode/A /chart?f=335 Azealia Banks - Chart history - Rap Albums] Prometheus Global Media. Billboard.
  14. a b Posições de pico no Reino Unido:
  15. Azealia Banks confirms '1991' EP tracklist Digital Spy (2012-05-15).
  16. http://www.billboard.com/articles/columns/the-juice/1484098/azealia-banks-posts-sales-gains-following-twitter-feuds
  17. http://www.ariacharts.com.au/chart/urban-singles/782
  18. a b c Azealia Banks confirms release schedule Digital Spy (2012-05-10).
  19. http://www.amazon.co.uk/Fantasea-Azealia-Banks/dp/B00BBEK8HO/ref=sr_1_1?s=music&ie=UTF8&qid=1361327862&sr=1-1
  20. Australian Chart Positions Australian-charts.com. Página visitada em 2012-10-20.
  21. Discografie Azealia Banks Hung Medien. ultratop.be/nl/.
  22. Discographie Azealia Banks Hung Medien. ultratop.be/fr/.
  23. Discography Azealia Banks Hung Medien. irish-charts.com/.
  24. Discografie Azealia Banks Hung Medien. dutchcharts.nl/.
  25. Posições de pico de singles na Escócia:
  26. Here's your first party jam of 2013: Azealia Banks' new music "BBD" Paper (2013-01-02).
  27. Azealia Banks releases remix of Baauer's "Harlem Shake" - Watch video Digital Spy (2013-02-16). Página visitada em 2013-02-17.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Azealia Banks