Azeitona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAzeitona
Azeitonas numa oliveira

Azeitonas numa oliveira
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Oleaceae
Género: Olea
Espécie: O. europaea
Nome binomial
Olea europaea
L.

A azeitona ou oliva é o fruto da oliveira (Olea europaea), também chamado de verde-oliva. É de grande importância agrícola na região mediterrânea como fonte de óleo de oliva.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Azeitonas coloridas, muito na moda desde há vários anos na Turquia, no mercado histórico de Kadıköy, Istanbul.

Sua coloração varia do verde aos tons acinzentados, dourado, castanho-claro, roxo ou preto. Quanto mais escuro mais tempo o fruto maturou no pé.

Cerca de 25% de sua composição é azeite de oliveira. E como todos os óleos vegetais não contém colesterol sendo rico em ácidos graxos insaturados que são benéficos para incrementar os níveis do "bom colesterol" (HDL). Apesar de benéfica a azeitona contém gordura, tornando-a muito calórica. Nutricionistas recomendam consumir o fruto moderadamente como aperitivo ou acrescentá-lo a pratos com carnes, massas, saladas, etc.

Quando própria para consumo a azeitona retirada do pé precisa ser processada. Um dos processos utilizados é próprio da região do Algarve e dá origem às azeitonas de sal.

Azeitonas de sal forma de preparo das azeitonas na região do Algarve. Como se sabe este fruto não é doce e utilizado como petisco ou como tempero, porém antes de seu consumo necessita-se curti-lo ou processa-lo para remoção do amargor característico.

Uma das formas de processar a azeitona é deixá-la imersa em água durante vários dias, porém no Algarve acrescenta-se sal de cozinha a água da curtimenta. Para a azeitona não ficar salgada é depois passada por água a ferver e novamente imersa em água e finalmente temperada com ervas aromáticas e demais especiarias.

Uma outra forma de consumir o fruto pode ser através de seu processamento em azeite de oliva, onde o fruto é prensado dando origem ao sumo.

Azeitonas De'monteco ou Azeitonas suecas, são uma variedade de azeitonas azul e roxa, pouco comercializadas devido a baixa produção e do alto custo, pois exige-se um clima frio para seu cultivo. É encontrada na Europa e na Ásia utilizado na Pasta Papal e em receitas da culinária asiática.

Na gastronomia portuguesa a azeitona é utilizada como aperitivo mas também como ingrediente de pratos típicos tais como bacalhau à Gomes de Sá.

Azeite[editar | editar código-fonte]

O azeite é um produto alimentar produzido a partir da azeitona.

Um alimento antigo, clássico da culinária contemporânea, regular na dieta mediterrânea. Presente nos dias atuais em grande parte das cozinhas é muito benéfico para a saúde e adiciona aos pratos um sabor e aroma peculiares.

A região oleícola mediterrânea é responsável por 95% da produção mundial de azeite favorecida pelas suas condições climáticas propícias ao cultivo das oliveiras.

No ano de 2012 o Brasil produziu (cultivou) em torno de 6% das azeitonas e azeite que consumiu.

Valor nutricional[editar | editar código-fonte]

Cada 100 gramas de azeitonas verdes em conserva contém:

Variedade de azeitonas expostas em um tabuleiro de mercado.

Comercialização de azeitonas[editar | editar código-fonte]

No comércio, as azeitonas podem ser encontradas em conserva, enlatadas ou a granel das quais seguem alguns exemplos:

  • Azeitona Verde
  • Azeitona Verde (em conserva)
  • Azeitona Verde Recheada (em conserva)
  • Azeitona Verde sem caroço (em conserva)
  • Azeitona Azul (em conserva)
  • Azeitona Azul sem caroço (em conserva)
  • Azeitona Preta
  • Azeitona Preta (em conserva)
  • Azeitona picada (preta ou verde em conserva)
  • Pasta de azeitona

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Azeitona