Bócio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bócio
Uma mulher com bócio
Classificação e recursos externos
CID-10 E01.0-E01.2
CID-9 240.9
DiseasesDB 5332
MedlinePlus 001178
MeSH Goiter
Star of life caution.svg Aviso médico

Bócio ou (Papo), e um aumento do volume da glândula da tireoide, a existência de nódulos na tireoide também e considerado bócio, e causado pela falta de sal mineral e iodo no organismo .

Tipos[editar | editar código-fonte]

O aumento de glândulas pode ser difuso, envolvendo toda tiróide, ou nodular.[1]

Nodular[editar | editar código-fonte]

O bócio nodular pode ser uninodular ou multinodular, conforme o número de nódulos. Conforme a presença ou ausência de excesso de liberação de tiroxina, o hormônio da tireoide, o bócio pode ser tóxico ou atóxico.[1]

Causa[editar | editar código-fonte]

Doenças autoimunes, infecções, neoplasia ou hiperplasia (Tumor) e deficiência de Iodo na dieta são causas possíveis de bócio.[1]

Sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas são muito variáveis dependendo da doença de base. Normalmente é estético, a aparição do inchaço no pescoço e possivelmente dificuldade de deglutir e respiração.[2]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Levotiroxina ou iodo radioativo são opções no tratamento de pequenos bócios. Os de tamanho maior normalmente cirurgia.[2]

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

É diagnosticado pelo exame físico (inspeção visual e palpação), por ultrassonografia, cintilografia e exames laboratoriais medidos no sangue ( T3, T4, TSH e anguns anticorpos contra a tiróide.[2] ).

Profilaxia[editar | editar código-fonte]

Sal iodado é um modo de evitar a carência de iodo, proteger a tiróide contra radiação e evitar tumores.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Patologia (doença) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.