Bócio multinodular tóxico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Bócio multinodular tóxico
Classificação e recursos externos
CID-10 E05.2
CID-9 242.3
DiseasesDB 13184
MedlinePlus 000317
eMedicine med/920
Star of life caution.svg Aviso médico

O bócio multinodular tóxico é um distúrbio relativamente frequente, no qual existem muitos nódulos na tireóide, sendo mais comum no sexo feminino e tende a aumentar com a idade tendo pico de incidência a partir da 6ª década de vida.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas do bócio uninodular tóxico são similares aos do hipertireoidismo:

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

O seu tratamento inicial pode ser medicamentoso, porém, o tratamento definitivo, que é efetivo, baseia-se na eliminação do tecido autônomo por irradiação obtida pela administração de iodo radioativo, através de tratamento operatório com a retirada cirúrgica.