Beaufortia kweichowensis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bótia de Rio Chinesa)
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde janeiro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
Como ler uma caixa taxonómicaBótia de Rio Chinesa
Beaufortia kweichowensis.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Cypriniformes
Família: Balitoridae
Género: Beaufortia
Espécie: B. kweichowensis
Nome binomial
Beaufortia kweichowensis
Fang, 1931
Sinónimos
  • Beaufortia leverreti kweichowensis
    (Fang, 1931)
  • Beaufortia kweichowensis gracilicauda
    (Chen & Zheng, 1980)
  • Gastromyzon leveretti kweichowensis
    Fang, 1931
  • Beaufortia kweichowensis kweichowensis
    (Fang, 1931)

Beaufortia kweichowensis é uma espécie de Bótia de Rio pertencente ao gênero Beaufortia, da família Balitoridae, sendo nativa da fauna da China. A espécie foi nomeada Beaufortia kweichowensis por Fang em 1931. Os nomes comuns usados para esta espécie no aquarismo são Bótia de Rio Chinesa, Pleco de Hong Kong,Bótia de Rio borboleta, Peixe-sugador chinês e Arraia anã.

Habitat[editar | editar código-fonte]

Beaufortia kweichowensis pode ser encontrada em regiões montanhosas e em riachos na China.

No aquário[editar | editar código-fonte]

Manutenção no aquário[editar | editar código-fonte]

Um aquário que recria o habitat natural da Bótia de Rio Chinesa é ideal uma vez que estes peixes requerem altos níveis de oxigênio. Ela precisa de uma excelente correnteza, aeração adequada e numerosos esconderijos.Iluminação adequada é necessária para promover o crescimento de algas no aquário. Outras plantas vivas, entretanto, não são necessárias embora elas possam ajudar na manutenção da qualidade da água. Plantas adequadas para um tanque com um ambiente de alto fluxo são as Anubias e as Microsorium, que podem crescer nas rochas ou nos troncos.

Bótias de rio chinesas normalmente prosperam em um ambiente aquático com dureza média (12 dh máximo), com temperaturas de água de 68 F; a 75, F (20 a 23,8 °C) e com pH, que varia de 7,0 a 8.0. O tamanho do tanque deve ser (90 cm) o mínimo preferível. Elas podem viver em Grupos de 6 a 7.Bótia de Rio chinesas chegam a medir 3 polegadas (7.5 centímetros).

Compatibilidade[editar | editar código-fonte]

Beaufortia kweichowensis são característicamente não-agressivas no aquário apesar de comer peixes pequenos (rodóstomo,néon,tanictis). Se perece com os integrantes do gênero Gastromyzon, é territorial e podem participar em escaramuças ou "cobertura", onde um peixe vai tentar cobrir outro peixe. Estes "confrontos" raramente danificam a Bótia de Rio Chinesa porque um peixe eventualmente deixará de exercer este comportamento.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Bótias de rio chinesas possuem pequenas bocas necessitando, portanto, a oferta de alimento boa qualidade como flocos,pellets submergidos,wafer de algas, bloodworms descongelados, mysis Camarões, espinafre, e algas naturais.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

O mínimo dimorfismo sexual em Beaufortia kweichowensis é o fato dos machos possuírem uma coloração mais forte. Embora B. kweichowensis não é normal a reprodução em cativeiro,sendo comum desovarem no substrato,ou sobre rochas.O macho cava um buraco aonde a fêmea deposita os ovos.Para incentivar a desova pode-se usar bombas submersas simulando uma correnteza.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]