B'Day

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
B'Day
Álbum de estúdio de Beyoncé
Lançamento 4 de setembro de 2006 (2006-09-04)
Gravação abril de 2006;
Sony Music Studios
(Nova Iorque)
Great Divide Studios
(Aspen, Colorado)
Gênero(s) R&B
Duração 37:40
Idioma(s) Inglês, espanhol
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Columbia, Music World
Produção Beyoncé, Matthew Knowles (produção executiva)
Darkchild, Sean Garrett, Rich Harrison, Walter Millsap III, The Neptunes, Ne-Yo, Stargate, Swizz Beatz, Shea Taylor, Cameron Wallace
Cronologia de Beyoncé
Último
Último
Dangerously in Love
(2003)
I Am... Sasha Fierce
(2008)
Próximo
Próximo
Singles de B'Day
  1. "Déjà Vu"
    Lançamento: 24 de junho de 2006 (2006-06-24)
  2. "Ring the Alarm"
    Lançamento: 10 de setembro de 2006 (2006-09-10)
  3. "Irreplaceable"
    Lançamento: 23 de outubro de 2006 (2006-10-23)
  4. "Beautiful Liar"
    Lançamento: 12 de fevereiro de 2007 (2007-02-12)
  5. "Amor Gitano"
    Lançamento: 12 de fevereiro de 2007 (2007-02-12)
  6. "Get Me Bodied"
    Lançamento: 10 de julho de 2007 (2007-07-10)
  7. "Green Light"
    Lançamento: 30 de julho de 2007 (2007-07-30)

B'Day é o segundo álbum de estúdio da artista musical estadunidense Beyoncé. O seu lançamento ocorreu em 4 de setembro de 2006, através das gravadoras Columbia Records e Music World Music, para coincidir com o aniversário da cantora. O disco possui uma sonoridade inspirada pelo R&B com fortes influências de gêneros urbanos como funk, hip hop e soul. Liricamente, as faixas do disco foram inspiradas pelo papel da intérprete no filme Dreamgirls. As gravações do projeto ocorreram em abril de 2006, em estúdios nos Estados Unidos, sob a produção executiva da própria artista e de Matthew Knowles, sendo que Beyoncé também ficou a cargo da produção musical do trabalho juntamente a Darkchild, Sean Garrett, Rich Harrison, Walter Millsap III, The Neptunes, Ne-Yo, Stargate, Swizz Beatz, Shea Taylor e Cameron Wallace.

Com o lançamento de seu álbum anterior Dangerously in Love, distribuído em 2003, Knowles planejou produzir um disco com diversas canções que não foram incluídas em sua lista de faixas. Entretanto, os planos tiveram de ser abandonados devido ao retorno das Destiny's Child — grupo feminino no qual a artista atuou como vocalista principal — com o projeto Destiny Fulfilled. No término de 2005, ela adiou a produção do material, já que havia conseguido o papel principal em Dreamgirls. A cantora decidiu trabalhar em um projeto de cada vez, e escolheu por trabalhar na produção cinematográfica antes de retornar aos estúdios fonográficos. Após o término das gravações de Dreamgirls, Beyoncé deu início à produção do álbum sem contatar seu pai, Matthew Knowles, e quis manter as gravações em segredo, que foram completadas em três semanas. Beyoncé influenciou-se pelo método de trabalhar com múltiplos produtores usado pelo rapper e seu marido Jay-Z.

B'Day recebeu análises geralmente positivas da mídia especializada, a qual prezou a mistura de gêneros urbanos e a produção do material. Consequentemente, foi indicado em múltiplas categorias nos Grammy Awards de 2007, conquistando a de Best Contemporary R&B Album. Comercialmente, o disco obteve um desempenho exitoso, liderando as tabelas dos Estados Unidos, qualificando-se nas dez melhores posições na Alemanha, na Austrália, no Canadá, na Nova Zelândia, no Reino Unido e em outros doze territórios. Nos Estados Unidos, debutou no topo da Billboard 200 com cerca de 541 mil cópias vendidas, permanecendo como o melhor debute de Beyoncé no país até 2013, quando seu álbum homônimo estreou no cume da tabela supracitada com cerca de 617 mil unidades comercializadas. O material acabou por receber certificação de platina tripla pela Recording Industry Association of America (RIAA) devido às vendas de três milhões de réplicas nos Estados Unidos, conquistando a mesma certificação pelas empresas Irish Recorded Music Association (IRMA) e 2M. Mundialmente, faturou cerca de oito milhões de exemplares vendidos.

A fim de promover o disco, sete singles foram retirados de seu alinhamento. Os dois primeiros, "Déjà Vu" e "Ring the Alarm", obtiveram um desempenho moderado comercialmente, embora o primeiro tenha atingindo a terceira posição na Billboard Hot 100 e o segundo tenha permanecido como a maior estreia da cantora na tabela supracitada. Os dois focos de promoção seguintes, "Irreplaceable" e "Beautiful Liar", obtiveram um estrondoso sucesso comercial, sendo que o primeiro citado culminou a Billboard Hot 100 por dez semanas consecutivas, permanecendo como o maior tempo em que Knowles liderou a tabela. "Amor Gitano", parceira com Alejandro Fernández, foi lançado em regiões hispânicas, atingindo o cume da tabela da Espanha. As duas últimas faixas a serem distribuídas foram "Get Me Bodied" e "Green Light", que atingiram um desempenho comercial moderado. Como forma de divulgação, Beyoncé apresentou-se em diversas premiações e programas televisivos como os American Music Awards e MTV Video Music Awards de 2006, The Ellen DeGeneres Show, Today e embarcou na turnê mundial The Beyoncé Experience no ano de 2007. No mesmo ano, a artista lançou a edição deluxe do material, que apresenta cinco faixas adicionais e o extended play (EP) Irreemplazable (2007) como disco bônus.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 2002, Beyoncé teve sessões produtivas enquanto concebia seu álbum de estreia, gravando cerca de 45 faixas.[1] O produto final, Dangerously in Love, veio a ser distribuído em junho do ano seguinte sob análises positivas da mídia especializada,[2] debutando na primeira colocação em tabelas estadunidenses e britânicas e comercializando 11 milhões de exemplares ao redor do mundo, sendo o disco mais vendido da artista.[3] [4] [5] Após o lançamento do disco, Knowles planejou produzir seu segundo álbum usando diversas faixas que foram excluídas do material.[1] Entretanto, em 7 de janeiro de 2004, um porta-voz de sua gravadora Columbia Records anunciou que ela havia colocado seus planos em espera, devido às gravações as gravações de Destiny Fulfilled, último álbum das Destiny's Child — grupo feminino no qual Beyoncé serviu como vocalista principal —, bem como a sua convocação para cantar o hino nacional dos Estados Unidos durante o Super Bowl XXXVIII em Houston, que era um sonho de infância de Knowles.[1] [6] No final de 2005, Beyoncé decidiu adiar a gravação de seu segundo disco, já que ela havia conseguido o papel principal em Dreamgirls, adaptação cinematográfica do musical da Broardway homônimo de Tony Award feito em 1981.[7] Beyoncé queria focar-se em um projeto de cada vez, e decidiu esperar até o término das gravações do filme antes de retornar aos estúdios fonográficos.[8] Em uma entrevista à Billboard, ela disse: "Eu não irei escrever [canções] para o álbum até finalizar o filme".[9] Quando completou um mês de férias após as gravações de Dreamgirls, Beyoncé retornou aos estúdios para começar a trabalhar no disco. Ela disse: "Tive muitas coisas engarrafas [quando as filmagens acabaram], muitas emoções, muitas ideias", e iniciou a produção do material sem contatar seu pai e então empresário Matthew Knowles.[8] [10]

Lançamento e Divulgação[editar | editar código-fonte]

Em colaboração com as gravadoras Sony Urban Music e "Música World Music", B'Day foi lançado pela primeira vez fora da América do Norte através da Columbia Records no dia 04 de setembro de 2006 para coincidir com o aniversário 25 anos de Beyoncé.[11] No dia seguinte, ele foi lançado na América do Norte.[8] Sete meses após o lançamento da versão original, um disco duplo com a edição de luxo do álbum foi lançado em 03 de abril de 2007.[12] Além das faixas originais, a edição deluxe apresenta cinco músicas novas , incluindo "Beautiful Liar", um dueto com cantora colombiana Shakira, o single fez história no Billboard Hot 100 quando se moveu 91 posições, a partir do número 94 ao número de três em 07 de abril de 2007.[13] "Amor Gitano", um dueto com o cantor mexicano Alejandro Fernández serviu de trilha sonora para a telenovela "Zorro, la espada y la rosa",[14] foi incluída na edição de luxo, ao lado das regravações em espanhol de "Listen" ("Oye"), "Irreplaceable" ("Irreemplazable") e "Beautiful Liar" ("Bello Embustero"). A idéia de gravar canções em língua estrangeira emanava de sua experiência quando o grupo Destiny's Child colaborou com Alejandro Sanz para "Quisiera Ser" em 2000. Beyoncé trabalhou com o produtor Rudy Perez para essas gravações.[15] Em 2007 Beyoncé lançou as faixas em espanhol dentro da edição de luxo de B'Day mais, posteriormente lançou as canções de forma independente num EP intitulado "Irreemplazable".[16]

O Álbum de vídeo B'Day Anthology Video Album foi lançado simultaneamente com a edição de luxo, ele apresenta videoclipes das canções do B'Day incluindo "Listen" e a versão extensiva de "Get Me Bodied". A maioria dos vídeos foram para as faixas up-tempo em B'Day;[15] que contou com estilização retro, uso de cores e estilos de cabelo preto, como Beyoncé criando uma semelhança entre ela e a personagem que ela fez em "Dreamgirls", Deena Jones.[17] Os vídeos foram concluído em duas semanas;[18] que foram dirigidos por Jake Nava, Anthony Mandler, Matsoukas Melina, Watts Cliff, Ray Kay, Sophie Muller, Diane Martel e Beyoncé[19] Inicialmente, o DVD estava disponível exclusivamente na rede Wal-Mart, mas foi liberado mais tarde para outros mercados.[15]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Déjà Vu" (com Jay-Z) Beyoncé Knowles, Rodney Jerkins, Delisha Thomas, Makeba Riddick, Keli Nicole Price, Shawn Carter Darkchild, Knowles 4:00
2. "Get Me Bodied"   B. Knowles, Solange Knowles, Kasseem Dean, Sean Garrett, Riddick, Angela Beyincé Swizz Beatz, B. Knowles, Garrett 3:25
3. "Suga Mama"   B. Knowles, Rich Harrison, Riddick, Chuck Middleton Harrison, B. Knowles 3:24
4. "Upgrade U" (com Jay-Z) B. Knowles, S. Knowles, MK, Riddick, Garrett, Beyincé, Carter, Willie Clarke, Clarence Reid Cameron Wallace, B. Knowles, Beatz 4:32
5. "Ring the Alarm"   B. Knowles, Dean, Garrett Beatz, B. Knowles, Garrett 3:23
6. "Kitty Kat"   B. Knowles, Pharrell Williams, Carter, Riddick The Neptunes, B. Knowles 3:55
7. "Freakum Dress"   B. Knowles, Harrison, Beyincé, Riddick Harrison, B. Knowles 3:20
8. "Green Light"   B. Knowles, Williams, Garrett The Neptunes, B. Knowles 3:29
9. "Irreplaceable"   B. Knowles, Mikkel S. Eriksen, Tor Erik Hermansen, Espen Lind, Amund Bjørklund, Shaffer Smith Stargate, B. Knowles, Ne-Yo 3:49
10. "Resentment"   B. Knowles, Walter "Lil Walt" Millsap III, Candice "G.G" Nelson, Curtis Mayfield Millsap III, B. Knowles, Nelson 4:40
11. "Check on It" (com Bun B & Slim Thug) B. Knowles, Beatz, Garrett, Beyincé, Stayve Thomas Beatz, B. Knowles 3:32
Duração total:
37:40


Edição deluxe[editar | editar código-fonte]

Edição norte-americana
Edições internacionais
Créditos de demonstrações
  • "Suga Mama" contém demonstrações de "Searching for Soul". de Jake Wade and the Soul Searchers.
  • "Upgrade U" apresenta interpolações de de "Girls Can't Do What the Guys Do", de Betty Wright.
  • "Resentment" apresenta demonstrações de "Think" (Instrumental), de Curtis Mayfield.
  • "Encore for the Fans" contém interpolações de "Check on It", "Encore for the Fans" (Interlude), "Listen" e "Get Me Bodied (Extended Mix)".

Créditos[editar | editar código-fonte]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Melhores posições Certificações
EUA EUA R&B EUA
Dance
ALE AUS CAN HOL IRL NZL SUI UK
2006 "Déjà Vu"[20]
(com Jay-Z)
4 1 1 9 12 8 17 3 15 3 1
"Ring the Alarm"[22] 11 2 1 - - - - - - - 112
"Irreplaceable"[23] 1 1 1 11 1 2 3 1 1 9 4
2007 "Beautiful Liar"[27]
(com Shakira)
3 40 1 1 5 2 1 1 1 1 1
"Get Me Bodied"[28] 68 10 - - - - - - - - -
"Green Light"[29] - - - - - - 18 46 - - 12
"—" denotas não entrou na tabela musical do país.

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Modern Times de Bob Dylan
Primeira posição na Billboard 200
23 de Setembro de 2006
Sucedido por
FutureSex/LoveSounds de Justin Timberlake

Referências

  1. a b c Patel, Joseph (7 de janeiro de 2004). Beyoncé Puts Off Second Solo LP To Reunite Destiny's Child (em inglês) MTV News. Viacom. Visitado em 10 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 15 de agosto de 2008.
  2. Beyoncé – Dangerously in Love – Metacritic (em inglês) Metacritic. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  3. Martens, Todd (2 de julho de 2003). Beyonce, Branch Albums Storm the Chart (em inglês) Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  4. 2003 Top 40 Official Albums Chart UK Archive 5th July 2003 (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  5. Chandler, D.L. (5 de abril de 2011). Jay-Z and Beyonce Celebrate Three Years of Wedded Bliss (em inglês) MTV. Viacom. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  6. Beyoncé: Biography – Part 2 (em inglês) People Time Inc.. Visitado em 10 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 6 de março de 2008.
  7. Tecson, Brandee J. (2 de janeiro de 2006). Beyonce Sliming Down And 'Completely Becoming Deena' (em inglês) MTV News. Viacom. Visitado em 10 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 20 de janeiro de 2008.
  8. a b c Reid, Shaheem. Be All You Can, B. (em inglês) MTV News. Viacom. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  9. Hope, Clover (30 de maio de 2004). Beyoncé To Celebrate 'B'Day' In September (em inglês) Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 10 de outubro de 2014.
  10. Conniff, Tamara (16 de junho de 2004). Beyoncé Builds Buzz For 'B-Day' (em inglês) Billboard Prometheus Global Media. Visitado em 10 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2007.
  11. Hope, Clover. "Beyoncé To Celebrate 'B'Day' In September", Billboard, Nielsen Business Media, 2004-05-30. Página visitada em 2008-01-11.
  12. MTV News staff. "For The Record: Quick News On Mariah, Notorious B.I.G., Paul Wall, Beyonce, Shakira, Fall Out Boy & More", MTV News, 2007-02-13. Página visitada em 2008-01-05.
  13. Cohen, Jonathan. "Akon Scores Second No. 1 Hit From 'Konvicted'", Billboard, Nielsen Business Media, 2007-03-29. Página visitada em 2008-01-19.
  14. MTV News staff. "For The Record: Quick News On Beyonce, Chris Brown, Shakira, Wyclef, Harry Potter, Justin, Rick Rubin, NIN & More", MTV News, 2007-02-06. Página visitada em 2008-01-05.
  15. a b c Vineyard, Jennifer. Beyonce: Behind The B’Day Videos 1 MTV News. Visitado em 2008-01-06.
  16. Ben-Yehuda, Ayala (July 31, 2007). Beyonce To Release 'Irreemplazable' As Wal-Mart Exclusive Billboard Nielsen Business Media. Visitado em April 14, 2011.
  17. Vineyard, Jennifer. Beyonce: Behind The B’Day Videos 2 MTV News. Visitado em 2008-01.
  18. Vineyard, Jennifer. Beyonce: Behind The B’Day Videos 3 MTV News. Visitado em 2008-01-05.
  19. Beyoncé Knowles. B'Day Anthology Video Album [DVD]. Sony BMG.
  20. Beyoncé and Jay-Z - Deja Vu Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  21. a b c d e SEARCHABLE DATABASE >> Beyonce. Visitado em 29 de agosto de 2011.
  22. Beyoncé - Ring The Alarm Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  23. Beyoncé - Irreplaceable Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  24. a b Top 50 Singles Chart ARIA. Visitado em 16 de Julho de 2011.
  25. Music Canada (CRIA): Gold & Platinum Music Canada. Visitado em January 4, 2011.
  26. a b August 14, 2011: Latest Gold / Platinum Singles Recording Industry Association of New Zealand.Radioscope. Visitado em August 16, 2011.
  27. Beyoncé and Shakira - Beautiful Liar Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  28. Beyoncé - Get Me Bodied Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  29. Beyoncé - Green Light Achart. Visitado em 3 de setembro de 2011.
  30. a b c d e f g h i j k l m n o p q r Beyoncé – B'day – Music Charts αCharts. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  31. a b Beyoncé – B'Day Ultratop.be. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  32. a b c d B'day > Charts & Awards > Billboard Albums Allmusic. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  33. European Albums – Week of September 23, 2006 Nielsen Business Media, Inc.. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  34. Top 40 album- és válogatáslemez-lista – 2006. 38. hét Hungarian. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  35. B'Day – Oricon Oricon. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  36. IFPI Germany – Gold/Platin-Datenbank Bundesverband Musikindustrie. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  37. ARIA Charts – Accreditations – 2007 Albums ARIA. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  38. Ultratop – Gold and platinum certifications – Singles – 2007 Ultratop. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  39. CRIA: Gold & Platinum – September 2006 CRIA. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  40. IFPI Denmark – Guld og platin i 2007 IFPI. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  41. PROMUSICAE Top 100 Albumes – 19/2007 PROMUSICAE. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  42. Platinum Europe Awards – Q3 2007 IFPI. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  43. Certifications Albums Or – Année 2007 Disqueen France. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  44. Beyonce-Gold in Greece! Sony Music Entertainment Greece. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  45. MAHASZ – Adatbázis – 2007 MAHASZ. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  46. IRMA – 2006 Certification Awards – Multi Platinum Irish Charts. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  47. AMPROFON – Certificaciones Amprofon. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  48. Latest Gold / Platinum Albums – RadioScope New Zealand Radio Scape. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  49. AFP – Galardões 2007 AFP. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  50. BPI Certified Awards BPI. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  51. B'Day Disc de Aur în România News Cafe. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  52. Gold and Platinum International Albums in Russia – 2006 2M. Visitado em 24 de Abril de 2010.
  53. Swiss Certifications – Awards 2006 Swiss Charts. Visitado em 24 de Abril de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]