Brasil Online

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de BOL)
Ir para: navegação, pesquisa
Brasil Online
Universo Online S/A
Página inicial do portal em 12 de maio de 2012
Slogan O e-mail grátis do Brasil
Requer pagamento? Não
Gênero Portal
Cadastro Público
País de origem  Brasil
Idiomas Português
Lançamento novembro de 1994 (19 anos)
Desenvolvedor Universo Online
Proprietário Grupo Folha
Página oficial www.bol.com.br

Brasil Online (popularmente abreviado como BOL) é um portal de Internet, serviço de webmail e de hospedagem grátis. Surgiu no Brasil em novembro de 1994, primeiramente como um projeto de BBS (Bulletin Board System) claramente inspirado no sucesso da AOL nos Estados Unidos. Em 1995, comandado por Antônio Machado, Luciano Ramalho e Wagner Barreira, montou equipe e infra-estrutura para ser lançado como provedor de conteúdo e acesso Internet do Grupo Abril. O site - que pode ser classificado como o primeiro portal de interesse geral em língua portuguesa - entrou no ar em 25 de abril de 1996, três dias antes de seu principal concorrente de então, o UOL.

Button promocional do Brasil Online, criado em 1996 com logomarca concebida pelo tipógrafo e designer Tony de Marco

Em setembro de 1996, o Grupo Abril e o grupo Folha de S.Paulo (proprietário do UOL) fecharam um acordo de joint venture. Com isso, foi formado o maior provedor em número de assinantes no Brasil e o maior portal em língua portuguesa. No entanto o que aconteceu foi a absorção do BOL pelo UOL. Com a fusão, a marca BOL passou a ser usada para designar o canal de notícias online do UOL, posteriormente renomeado para Folha Online.

A marca BOL foi relançada em outubro de 1999, como um primeiro serviço de webmail grátis. Concorria com serviços como Base Mail Webmail Grátis e ZipMail, lançado antes.

Em janeiro de 2000, o BOL já registrava um grande crescimento em sua base de usuários de webmail, chegando a 1 milhão de endereços de webmail registrados. Em abril do mesmo ano, 2 milhões.

O BOL funcionou como provedor de acesso gratuito quando do lançamento dos provedores gratuitos no Brasil, mas a prática foi abandonada poucos meses depois.

Em outubro de 2005, completando 6 anos de serviço de webmail, o BOL ampliou o espaço de armazenamento para 1 GB ou 2 GB para usuários especiais, denominados usuários Premium. E em 26 de dezembro de 2007, o serviço voltou a aumentar o seu espaço de armazenamento, ofereçendo a partir de agora, 4 GB de espaço.

Serviços[editar | editar código-fonte]

BOL Mail[editar | editar código-fonte]

O serviço de webmail que deixou o portal conhecido, tem 6 GB de capacidade, corretor ortográfico, além de temas personalizáveis. Desde 2012, possibilita a leitura e envio de mensagens de outros provedores por sistema IMAP, que não apaga o conteúdo do servidor original. Possui interfaces próprias para iPhone e iPad. É considerado o serviço de webmail grátis do UOL.

BOL Notícias[editar | editar código-fonte]

Parte do portal, onde estão as principais notícias, como as de esporte, entretenimento, culinária e outros. Recebe 17 milhões de visitas por mês e inclui notícias vindas do UOL e da Folha de S. Paulo e também de agências internacionais.[1]

Bate-papo BOL[editar | editar código-fonte]

É um serviço de bate-papo gratuito, que possui mais de 700 salas. Não é necessário estar registrado com um BOL Mail para usar o serviço.

VilaBOL[editar | editar código-fonte]

VilaBOL foi um serviço de hospedagem gratuita do BOL, onde o usuário possuia 15 MB de espaço em disco, além do endereço no modelo seunome.vilabol.uol.com.br. Possuia construtor de sites, enquetes e contador de visitas. O layout do site não foi alterado desde que entrou no ar. O serviço foi desativado em 2012.[2]

Slogans[editar | editar código-fonte]

  • 1996: "Seu país, seu mundo"
  • 2000 - 2005: A internet bem bolada
  • 2005 - 2008: Todo brasileiro tem direito a um e-mail grátis
  • 2008 - atual: O e-mail grátis do Brasil

Referências

  1. BOL, o e-mail grátis pioneiro no Brasil. BOL (1º de fevereiro de 2012). Página visitada em 12 de maio de 2012.
  2. VilaBOL desativado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]