BT-7

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
BT-7
Bt7 3.jpg
Um tanque BT-7 desfilando em uma parada militar de 1937.
Tipo Carro de combate leve
Local de origem  União Soviética
História operacional
Em serviço 1935 - 1945
Utilizadores  União Soviética
Guerras Segunda Guerra Mundial, Guerra Sino-Soviética, Guerra de Inverno, Segunda Guerra Sino-Japonesa
Histórico de produção
Criador Morozov
Data de criação 1935
Período de
produção
1935-1940
Quantidade
produzida
1935
Variantes BT-7M
Especificações
Peso 13,8 t (30 423 lb)
Comprimento 5,66 m (18,57 ft)
Largura 2.28m
Altura 2.42m
Tripulação 3
Blindagem do veículo 6-22 mm (235,35 in)
Armamento
primário
45 mm L/46
Armamento
secundário
2 x 7.62 mm DT
Motor Mikulin M-17T (V-12) gasolina
450 hp (335 565 W)
Peso/potência 32,3 hp/toneladas
Suspensão Christie
Capacidade de combustível 360L
Alcance
Operacional
410 km (255 mi)
Velocidade Estrada:72 km/h

O BT-7 [nota 1] foi o último da série BT de tanques de cavalaria soviéticos, que foram produzidos em grande número entre 1935 e 1940. Eram levemente blindados, mas razoavelmente bem armados em relação ao seu tempo, e tinham mobilidade muito melhor do que outros projetos de tanques contemporâneos, chegando a alcançar até 55 KM/H. Os tanques BT eram conhecidos pelo apelido de Betka do acrônimo, ou pelo seu diminutivo Betushka.[1]

O sucessor do Tanque BT-7 seria o famoso tanque médio T-34, lançado em 1940, que iria substituir todos os tanques soviéticos ligeiros, tanques de infantaria, e tanques médios, então em serviço.

Referências

  1. Zaloga 1984, p 74.

Notas

  1. BT (em russo: БТ) é a abreviação russa para "tanque rápido" (Быстроходный танк, Bystrokhodny tank).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]