Baby Sitters Jitters

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Baby Sitters Jitters
Babás bobos (BR)
 Estados Unidos
1951 • pb • 16 min 
Direção Jules White
Roteiro Felix Adler
Elenco Moe Howard
Larry Fine
Shemp Howard
Lynn Davis
David Windsor
Myron Healey
Margie Liszt
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Baby Sitters Jitters (br.: Babás bobos) é um filme de curta metragem estadunidense de 1951, produzido e dirigido por Jules White. É o 130º de um total de 190 filmes da série com os Três Patetas realizada pela Columbia Pictures entre 1934 e 1959.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Os Três Patetas estão com dificuldades para pagarem o aluguel então resolvem fazer um curso de ama-secas. Eles pegam bonecas de brinquedo da senhoria sem ela saber e treinam como cuidar de bebês mas o fazem de uma forma um tanto desastrada. A senhoria toma as bonecas de volta mas os Patetas a convencem a recomendar seus serviços para conhecidos e a mulher concorda. A primeira cliente é Joan Lloyd (Lynn Davis), uma mulher recém-separada que está em litígio com o marido pela guarda do filho pequeno, Junior Lloyd (David Windsor), e teme que ele sequestre a criança. Enquanto conversam, Junior apanha perigosamente o revólver que a mulher usava para se defender do marido mas os adultos veem e lhe tiram a arma antes que acontecesse algo mais grave. Quando os Patetas ficam sozinhos com o menino, ele começa a chorar e só para e começa a rir quando Shemp usa o recurso circense de ficar de cabeça para baixo ("plantar bananeira"). Depois Shemp vai preparar uma sopa (soup) mas confunde com sabão (soap) o que resulta em que o trio começe a soltar muitas bolhas de ar pela boca. Quando a mulher retorna tarde da noite, ela percebe que o menino foi raptado enquanto os Patetas dormiam. O trio vai até o endereço do pai para pegarem de volta a criança e depois de uma rápida briga, o homem e a mulher se reconciliam. Shemp e ela começam a chorar pelo final feliz e o menino fica de cabeça para baixo no sofá, imitando Shemp, que começa a rir com a mulher ao verem isso.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]