Bacalhau do Batata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bacalhau do Batata no Carnaval de 2010 - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Bacalhau do Batata no Carnaval de 2010 - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Bacalhau do Batata é um bloco de carnaval que sai pelas ladeiras de Olinda arrastando uma multidão de foliões na quarta-feira de cinzas. O bloco, cujo estandarte é um bacalhau, juntamente com outros ingredientes culinários, foi criado por um garçom, chamado Batata, que trabalhava durante todo o Carnaval e não podia brincar devido o emprego e por isso criou o bloco para sair na quarta-feira de cinzas.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A tradição do Bacalhau do Batata teve origem ainda em 1962, quando o garçom Isaías Pereira da Silva (falecido em 1993), e apelidado como Batata, organizou na quarta-feira de cinzas, um bloco carnavalesco destinado àqueles que, por trabalharem durante o período de festas momescas, deixavam de brincar o Carnaval.[1]

A saída do bloco está prevista para as 9h30. O percurso do desfile segue a tradição: ladeira da Sé, Rua do Bonfim, Quatro Cantos, Ribeira, Varadouro, Largo do Amparo, com o retorno sendo feito no bairro do Carmo. A festa fica por conta com umas das melhores orquestra de frevo de olinda e a presença ilustre do boneco gigante que representa o falecido Batata, garçon que idealizou o bloco. Com o passar dos anos, mais blocos e foliões foram aderindo e o carnaval, oficialmente encerrando-se na madrugada da terça para a quarta-feira, acabou sendo estendido.[2]

Em 2007 a Escola de samba Imperatriz Leopoldinense, do Rio de Janeiro, homeageou com uma ala o Bacalhau do Batata, com referência ainda no seu samba-enredo: "E o Bacalhau do Batata na bandeja pra massa / Até o dia clarear..." O garçom Isaías foi destaque, representado por Irênio Dias. Ao todo, catorze fantasias diferentes representaram o bloco pernambucano, sendo que a Ala dos Compositores da Escola desfilou vestida de garçom.[3]

Fontes e referências

  1. Notícia da Folha de São Paulo, sobre o Bacalhau, em 2003[1]
  2. Informa, em 2006, O Estado de São Paulo, que "A iniciativa de Batata estimulou outras agremiações a saírem na quarta-feira. Oficialmente, pelo menos 30 blocos saíram hoje pelas ruas de Olinda e Recife. (...) A previsão é de que a folia só termine no final da noite."[2]
  3. Notícia amplamente divulgada: Sítio oficial da Escola; Letra e notícias

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.