Bad trip

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde maio de 2013).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Bad Trip é o termo (gíria) que representa as sensações fisiológicas e psicológicas desagradáveis provocadas pelo uso de substâncias psicoativas durante os efeitos psicotrópicos.

Às vezes são causadas por fatores internos; como o estado mental que o usuário já apresentava antes do consumo e a droga ampliou. Outras vezes são causadas por agentes externos que refletem no estado do usuário durante a "trip".

Na grande maioria das vezes são apenas "confusões mentais" causadas pela substância e podem se dissipar com o tempo. Porém podem gerar desconforto físico forte e, se não controladas podem causar alucinações perturbadoras, dores no corpo, aumento da freqüência cardíaca, medo, pânico, despertar fobias, e causar até psicoses agudas em pessoas mentalmente instáveis naturalmente.

Um sintoma comum de bad trip é o usuário se sentir perseguido, ou preso à viagem, e teme nunca mais ficar são novamente.

As sensações variam com a substância e a quantidade, mas geralmente são:

  • Pânico
  • Ampliação dos medos inconscientes
  • Auto-agressão
  • Tendência suicida
  • Medo de enlouquecer ou da incapacidade de retornar ao normal
  • Sudorese
  • Depressão profunda
  • Perseguição
  • Tremedeiras
  • Sensação de que irá morrer
  • Sensação de que o ambiente está estranho, como se estivesse em um sonho (desrealização)
  • Sensação de não reconhecer seu corpo, estar fora dele (despersonalização)
  • Taquicardia e palpitações

Esses fatores podem levar ao usuário desencadear doenças psicológicas já pre-existentes como síndrome do pânico, transtornos e até mesmo levá-lo ao suicídio. Esses fatores variam de pessoa para pessoa, há pessoas que usam e não tem nenhuma consequência e outras que na primeira vez podem ter uma "viagem sem volta" e acabar por desenvolver um distúrbio.Para evitar a "bad trip" não pode-se ingerir muita droga em um curto período de tempo, ou quando se está sozinho, ou quando se está em lugares muito fechados, pois quando se está sozinho é que nossos medos aparecem e nossa mente nos controla.

Pessoas que sofrem de uma bad trip podem achar a experiência extremamente parecida com um ataque de pânico, e desenvolver transtornos de ansiedade como transtorno de desrealização, transtorno de ansiedade generalizada (TAG) entre outros.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma droga é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.